Meio Bit » Baú » Internet » Adicione RSS ao seu perfil no Google+ e deixe-o mais parecido com um blog

Adicione RSS ao seu perfil no Google+ e deixe-o mais parecido com um blog

Se você transformou ou pretende transformar seu perfil no Google+ em um blog pessoal, que tal adicionar suporte a RSS a ele? Confira o passo-a-passo.

20/07/2011 às 9:54

Kevin Rose fez. Aqui, o Renê Fraga, do Google Discovery, também. E, acredite: muita gente ainda fará.

Estou falando do uso do Google+ como blog pessoal. A flexibilidade e, principalmente, o feedback instantâneo e em grandes quantidades têm feito muito macaco velho da web, gente que cresceu com blogs, deixar Blogger, WordPress e tantos outros para trás em prol da nova rede social da Google.

O conteúdo pode ser público ou privado, há suporte para a publicação de imagens, vídeos e links e a participação dos leitores é estimulada. Basicamente, o Google+ pode, sim, funcionar como blog. Para os mais conservadores, porém, falta um detalhe: suporte a RSS.

Não tem, não adianta pesquisar. Mas pode ter, se você fizer uma quase gambiarra com a ajuda de um serviço externo.

Quem dá a dica é o Mashable, e não tem segredo. A primeira coisa a ser feita é localizar a ID do seu perfil, um número beeeem grande que aparece na URL do perfil no Google+. Aqui:

id-google-plus

Agora, vá ao Google Reader ou ao seu agregador de feeds favorito, e insira a seguinte URL: http://plusfeed.appspot.com/numero. No meu caso, por exemplo ficaria: plusfeed.appspot.com/102088801366341413192.

E é só isso. O mais legal é que a dica independe do dono do perfil, ou seja, se eu quiser acompanhar alguém por RSS, basta cadastrá-lo no meu agregador.

Existem algumas limitações, porém. O feed ignora o conceito de círculos, o que significa que você só verá o conteúdo público da pessoa. Para os donos dos perfis, não existe uma maneira de apresentar o feed de maneira fixa no Google+ — exceto, talvez, como uma URL no “Sobre”, mas isso ainda não é o ideal; falta a integração com o navegador.

É um quebra galho. Com limitações, mas ainda assim um quebra galho funcional.

Leia mais sobre: , , , , , .

relacionados


Comentários