Meio Bit » Baú » Internet » Esquecer de registrar o domínio: Cilada.com!

Esquecer de registrar o domínio: Cilada.com!

Filme com nome de URL não tem registro da URL em questão. Falha de projeto ou apenas um detalhe?

11/07/2011 às 13:12

Sabia que tinha esquecido alguma coisa...

É natural que, com divulgação maciça no canal mais popular do Brasil, o público fique interessado em saber mais a respeito do que está sendo anunciado. Afinal, é para gerar esse buzz que empresas pagam uma boa grana para terem suas marcas estampadas nos intervalos de novelas e jornais.

Muita gente, com a democratização da Internet no país, a utiliza justamente para saber mais sobre as coisas que vê na TV. O que dizer, então, de um filme cujo título é uma URL, o endereço de uma página na "Grande Rede"? É o caso do filme Cilada.com, comédia nacional estrelada por Bruno Mazzeo que estreou na última sexta-feira.

Responda sinceramente: ao ler o título, "Cilada.com", qual o seu primeiro impulso? O meu e o de outras milhares de pessoas é digitar "www.cilada.com" na caixa de endereços do navegador na esperança de ter mais informações sobre o longa.

Você tentou isso? Pois é, ele não retorna o site do filme. Esse é o ciladaofilme.com.br.

O mais curioso nessa história toda é que o domínio cilada.com já existia há mais de um ano. Um whois nele revela a data de criação: 23 de maio de 2010. O dono, que não é bobo, nem nada, encheu o site de textos sobre o filme, além de outros posts meio paraquedistas, tudo ladeado por belos anúncios do AdSense. Deve estar faturando uma grana considerável com essa brincadeira, até porque em vez de uma pesquisa, quando se digita "cilada.com" no navegador ele entra direto no site, não vai para o Google/Bing/etc. como acontece com um termo qualquer, sem ser uma URL.

Entre os textos está um bem curioso, com o título "Mais detalhes sobre o filme Cilada.com". De cara, deixa a dica:

"Um filme chamado Cilada.com merece um domínio Cilada.com."

Na sequência comenta o poder em SEO do domínio, diz que de gente procurando pelo filme recebe 2 mil (!) visitas por dia (e o número aumentava na medida em que a estreia se aproximava; o post é de 20 de junho) e que estava aberto a negociações para a venda do domínio ou a implantação de redirecionamento para o do filme.

Acidente de percurso ou negligência da produção do filme?

Via blog do Cris Dias.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários