Meio Bit » Arquivos » Hardware » LeapPad: o tablet para crianças modernas, ligadas e totalmente plugadas

LeapPad: o tablet para crianças modernas, ligadas e totalmente plugadas

LeapPad, da LeapFrog, é um tablet criado exclusivamente para crianças. Apesar do jeito de brinquedo, ele traz alguns recursos impressionantes.

04/07/2011 às 11:26

LeapPad, da LeapFrog: tablet educacional para crianças.

LeapPad, da LeapFrog: tablet educacional para crianças.

Você pode estar se perguntando qual a utilidade de um tablet para crianças (e eu ainda me questiono a que tem para adultos, mas divago). De fato, seria até irresponsável deixar nas mãos desastradas e pouco seguras de um infante um equipamento frágil que passa fácil da casa dos mil Reais.

Calma, vamos esclarecer algumas coisas. O tablet do qual estamos falando não só pode, como foi feito para ser usado por crianças. Trata-se do LeapPad, da fabricante americana LeapFrog, que tem vasta experiência na criação de brinquedos educativos inspirados nos "brinquedos" de papai e mamãe.

Por US$ 100, filhos sortudos de pais antenados (e abastados, por que não?) levam para casa um tablet feito de plástico resistente a crianças, tela de 5", com câmera (chupa, iPad 1!), microfone, 2 GB de memória, stylus e acelerômetro. Nada mal para quem esperava uma versão tablet daqueles notebooks da Xuxa/Hot Wheels com tela de calculadora...

Ajuste automático do nível de dificuldade. Na memória, mais de cem jogos e aplicativos, incluindo um leitor de ebooks, aplicativos que interagem com a câmera embutida e outros para aprendizagem em áreas distintas do conhecimento, como matemática e inglês. Se duvidar tem mais apps que o Honeycomb.

Os pais podem acompanhar os progressos do filhão ou da filhona pela web, e o LeapPad ainda tem a capacidade de ajustar automaticamente o nível de dificuldade das atividades.

Lá fora, já está em pré-venda, com lançamento previsto para 15 de agosto, em versões rosa e verde. Diversão e aprendizado, num equipamento aparentemente muito bem arquitetado, para crianças de 4 a 9 anos — embora eu desconfie que muito marmanjo se divertiria horrores com um brinquedinho desses...

Via Gadget Lab.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários