Meio Bit » Baú » Games » Um MMO pós-apocalíptico (e gratuito)

Um MMO pós-apocalíptico (e gratuito)

17/06/2011 às 16:00

dori_falle_16.06.11

E mais um MMORPG irá adotar o modelo Free-to-Play, o Fallen Earth. Como o game há algumas semanas passou a ser controlado pela GamersFirst, mesma que possui em seu portfólio outros jogos gratuitos bastante conhecidos, como o APB e o Taikodom, já era de se imaginar que isso fosse acontecer, mas a confirmação só feita feita agora e uma das coisas mais legais é que a equipe de criação permanecerá intacta, dando continuidade ao desenvolvimento do jogo, só que com mais recursos.

Desta forma, o game passará a contar com quatro modalidades e pagamento, uma inteiramente gratuita, onde tudo estará liberado, mas o jogador não terá direito a recompensas. Uma conta SIlver, que custará menos por mês do que é cobrado atualmente (US$ 14,99) e dará o mesmo conteúdo de hoje, outra modalidade conhecida por enquanto como Gold, que custará US$ 14,99 e dará mais bônus e recompensas, que poderão ser gastos na loja do game e por último, a conta Vip, que obviamente custará mais e dará ao jogador o direito de compartilhar seus ganhos com outros membros da equipe. É importante dizer também que essa gratuidade não afetará a venda do jogo, portanto, ele continuará sendo encontrado nas prateleiras ou através do Steam, mas quem o comprar de uma dessas maneiras terá algum tipo de ressarcimento, mas que ainda não foi definido.

Isso pode não ser o suficiente para muitas pessoas se interessarem, mas um dos principais diferenciais do Fallen Earth é a sua semelhança com o universo do Fallout, onde somos jogados numa sociedade pós-apocalíptica nas imediações do Grand Canyon e seu mapa, criado com imagens geradas via satélite do local, possui cerca de 1000 Km². O que também pode chamar a atenção de algumas pessoas é a sua jogabilidade parecida com a dos jogos de tiro em primeira pessoa e se você estava procurando um MMO que fugisse um pouco do estilo World of Warcraft de ser, este Fallen Earth pode ser uma boa opção.

[via Massively]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários