Meio Bit » Baú » Games » Filmes que poderiam ter sido inspirados em jogos

Filmes que poderiam ter sido inspirados em jogos

Se as versões oficiais dos filmes baseados em jogos não são muito boas, porque não dar uma chance a produções que lembram alguns games?

16/06/2011 às 13:37

dor_movii_13.06.11

A adaptação de games para filmes (e vice-versa) sempre foi tida para a maioria como nada mais do que um enorme fracasso. Embora, na minha opinião, hajam alguns (poucos, é verdade) bons longa-metragens que foram inspirados em franquias famosas do mundo dos jogos eletrônicos, como o Silent Hill e o Mortal Kombat, é inegável que a maioria sejam meros caça-níqueis que nunca deveriam ter saído da mente daqueles que tiveram a coragem de levar os projetos até seu final.

Mas se os profissionais que consegue obter os direitos de alguns games não são capazes de criar bons filmes usando seus universos, para a alegria dos jogadores há algumas produções que nos lembram bastante certos jogos e que poderiam muito bem ser versões até melhores que as adaptações que carregam o nome de algumas franquias e neste post eu gostaria de recomendar algumas delas. Depois, os comentários estarão aí para você indicar outras películas que se pareçam com jogos.

- Invasão do Mundo: Batalha de Los Angeles
Em março passado a Konami até chegou a lançar um mediano jogo baseado na ficção científica igualmente meia boca de Jonathan Liebesman, mas ao assistir o filme, é inegável a sua semelhança com qualquer FPS de invasão alienígena que estamos habituados a jogar. Soldados durões, inimigos mais burros que portas , efeitos especiais que muitas vezes parecem estar ali só para impressionar e um roteiro fraquinho. Vale mais pela curiosidade de ver um dos filmes “mais videogame” que existe.

- O Nevoeiro
Baseado no livro homônimo do mestre Stephen King, a semelhança com a série Silent Hill não termina na névoa que misteriosamente cobre uma cidadezinha do Maine e se nele não vemos enfermeiras mortas vagando por aí ou sujeitos com pirâmides na cabeça, não será por falta de monstros bizarros, conflitos psicológicos e um enredo que dá poucas explicações do que está acontecendo que deixaremos de sentir medo. O destaque vai para o final pouco comum para os padrões de Hollywood e que nos faz pensar tanto quanto os desfechos das histórias da Konami

Dirigido e roteirizado pelo competente Frank Darabont, que também foi responsável pela série The Walking Dead e pelas duas melhores adaptações do King, À Espera de Um Milagre e Um Sonho de Liberdade.

- Eu Sou a Lenda
Eu gostei bastante desse filme estrelado por Will Smith e que é a segunda regravação de um romance escrito por Richard Matheson. Quando sai do cinema, a única coisa em que pensava é que se um dia eu fosse gostar de algum filme sobre o Resident Evil, este teria que ser como o Eu Sou a Lenda. Talvez ele nem tenha muita ver com a marca da Capcom, mas o clima passado durante a projeção me deixou colado na cadeira e o drama e o suspense propostos pelo longa me agradou muito mais do que a pirotecnia mostrada pelo fraco Paul W.S. Anderson.

- Fúria de Titãs
Está tudo lá, um protagonista com poderes sobre-humanos, deuses traiçoeiros, monstros lendários aterrorizantes, muita violência e a boa e velha mitologia grega. Enquanto a Sony não decide levar o Fantasma de Esparta para as telonas, definitivamente não há opção melhor para vermos no cinema algo parecido com o God of War.

- O Livro de Eli
A primeira vez que vi um trailer sobre este filme protagonizado por Denzel Washington eu fiquei impressionando com a sua semelhança com o visual do Fallout 3, principalmente em relação ao visual. Acompanhar o personagem por sua saga pelas terras de um mundo destruído por uma imensa guerra é praticamente o mesmo que aventurar-se pela pós-apocalíptica Capital Wasteland, criada brilhantemente pela Bethesda. Eu nunca vi uma declaração dos Hughes Brothers dizendo que usaram o RPG de ação como inspiração, mas se ele tivesse sido lançado como Fallout - The Movie, tenho certeza que ninguém desconfiaria que um dia ele teve outro nome.

relacionados


Comentários