Meio Bit » Baú » Games » Quer jogos baratos? Compre a Fullgames

Quer jogos baratos? Compre a Fullgames

03/06/2011 às 14:04

dori_wrc_02.06.11

Comprar jogos no Brasil é uma tarefa para verdadeiros guerreiros. Além deles custarem caro, existem poucas lojas especializadas, ao contrário do que acontece em países mais desenvolvidos. A princípio, poucos discordariam dessa afirmação, mas ela não é uma verdade absoluta, desde que você seja um PC gamer e não faça questão de jogar sempre os últimos lançamentos. Para comprovar isso, basta entrar em qualquer banca de jornal e pedir para dar uma olhada na revista Fullgames.

Já na sua centésima terceira edição (eu já perdi as contas de quantas tenho e principalmente da quantidade de dinheiro que a publicação me fez economizar), o periódico não chega a ser uma novidade para a maioria, mas sempre que a velha discussão sobre a pirataria volta à tona, com alguns a defendendo por causa dos preços absurdos cobrados pelos games, muitas pessoas parecem esquecer que temos uma maneira tão fácil e barata de adquirir jogos de qualidade por aqui, ou será que alguém ainda afirmará que R$ 18 por um jogo é caro?

Pegamos como exemplo o último lançamento, o jogo WRC FIA World Rally Championship. Tendo chegado ao mercado europeu em outubro do ano passado, ele era inédito no Brasil e pode ser uma excelente opção para quem gosta de jogos de corrida da categoria por se tratar d eum produto oficial do campeonato e que não estão dispostos a investir num lançamento como o Dirt 3. Mas para não ficarmos só em uma indicação, recentemente a revista trouxe títulos de peso como o FarCry 2, Assassin´s Creed ou o Tom Clancy's HAWX e como você deve ter notado, jogos com estilos bastante diferentes e que podem agradar a todos.

Um detalhe interessante para quem não compra a Fullgames há muito tempo é que a algumas edições eles passaram a disponibilizar a capinha do jogo, claro, com a sua marca, mas é uma maneira legal de prestigiar aqueles que gostam de ter a caixinha na estante. Só é uma pena que o manual não seja disponibilizado da mesma maneira, já que ele vem no tamanho de uma revista, mas talvez eu é que esteja pedindo de mais. Outra facilidade que também acho que poderia existir é de podermos fazer uma assinatura, o que acredito não estar disponível porque talvez já tenhamos os próximos lançamentos.

Por falar nisso, se você quiser saber quais serão os próximos jogos que virão na revista antes mesmo dela chegar as bancas, recomendo ficar de olho na página deles no Facebook ou no Twitter e caso queira conhecer toda a coleção, este é o link, mas saiba que infelizmente muitas já esgotaram.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários