Meio Bit » Baú » Games » Mapa é criado com as mortes no Just Cause 2

Mapa é criado com as mortes no Just Cause 2

30/05/2011 às 9:35

Quando joguei o Just Cause pela primeira vez, no Xbox 360 de um amigo, a impressão que ele me passou não foi das melhores. Apesar dos gráficos muito bonitos, o jogo me pareceu um GTA genérico e ver o personagem pular de um avião e não morrer ao bater no chão me fez acreditar que o mínimo de realismo é necessário para um personagem sem superpoderes, caso contrário a experiência pode se transformar numa grande piada.

Veio então o anúncio de que uma sequência seria lançada e não prestei a menor atenção para o jogo, até que resolvi dar uma chance à sua demo e me surpreendi com o potencial de diversão que o Just Cause 2 podia proporcionar. O protagonista continuava sendo o mesmo Rambo dos trópicos, mas dessa vez com uma pitada de Homem-Aranha, aniquilando centenas de inimigos enquanto pulava daqui para ali com o auxílio de um gancho bastante mentiroso, porém, como era prazeroso causar o caos dentro do game.

Agora, mesmo que você ainda não o tenha jogado (como eu, está lá no Steam esperando), dê uma olhada no fantástico vídeo abaixo. Ele foi criado com um ponto sendo colocado em cada lugar que alguém morreu, mas não com qualquer tipo de morte. O gerente de operações online da produtora, Jim Blackhurst, levou em consideração “apenas” as 11.3 milhões de mortes por impacto com o solo ou contra objetos e o resultado é impressionante, não só visualmente, mas também por mostrar o nível de controle que a empresa possui sobre o jogo.

Sempre achei muito legal esse tipo de informação sobre um determinado título, algo que a Valve domina há tempos, e quando o JC2 completou seis meses de vida, a Avalanche Studios já havia liberado um gráfico trazendo um monte de detalhes sobre o jogo e além de serem curiosos para nós, esses dados servem para fazer com que as próximas criações deles sejam melhores e estejam de acordo com o gosto do consumidor.

[via Destructoid]

Leia mais sobre: , , , , , .

relacionados


Comentários