Meio Bit » Baú » Hardware » [Atualizado] ASUS Padfone permite acoplar smartphone num tablet

[Atualizado] ASUS Padfone permite acoplar smartphone num tablet

ASUS Padfone combina smartphone e tablet numa única peça. Apesar de já conhecido o seu visual, restam dúvidas sobre funcionalidades do tablet.

30/05/2011 às 9:05

Acabou o mistério — ou, pelo menos, parte dele.

O Pocketnow conseguiu e publicou, com exclusividade, imagens bem claras e distinguíveis do ASUS Padfone, aquele de quem, até a semana passada, só tínhamos fotos da silhueta e escondido na sombra.

Embora ainda não se saiba como a mistura de tablet e smartphone funcionará, nem as especificações técnicas do(s) aparelho(s), uma coisa é certa: trata-se, mesmo, de um smartphone que se acopla ao tablet. Numa analogia um pouco grosseira, mas ainda válida, do ponto de vista visual e mecânico o que o Padfone faz é mais ou menos o que rola entre Atrix e Lapdock, da Motorola.

ASUS Padfone.

ASUS Padfone.

E é aqui, aliás, que mora a grande dúvida até o momento. O tablet da ASUS seria apenas uma tela burra que expande a do smartphone e acrescenta uma camada de software tablet-oriented? Ou é um tablet completo que se aproveita de apenas alguns recursos do smartphone, como a conectividade 3G, módulo GPS e câmera?

Essas respostas virão no decorrer dessa semana, na Computex. Por ora, só temos duas certezas: de que é um smartphone que se encaixa num tablet, e de que ficou muito bonito e elegante.

Smartphone e tablet acopláveis da ASUS.

Produtos pra lá de elegantes.

***

Atualização (9h17): A ASUS já anunciou o Padfone, agora pela manhã, antes mesmo de começar a Computex. Quem trouxe a boa nova foram os camaradas do ZTOP, que publicaram vídeos e fotos oficiais (moquei uma foto e coloquei aí em cima, no lugar da do Pocketnow). Um vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=z5aAOKJGBjo

Sobre a dúvida do post, o tablet será um extensor mesmo, uma tela maior para o smartphone — que virá com o Android Ice Cream Sandwich, aliás. O argumento de venda da ASUS é "manter SIM card e conexão sempre presente, mesmo quando usando o tablet, graças à integração com o smartphone". Ah, e a exemplo do que rola com o Eee Pad Transformer, o tablet-casca tem bateria própria, o que dá um up na autonomia do Padfone.

A parte ruim? O que se vê acima é apenas um protótipo. O Padfone deve chegar ao mercado só no fim do ano e ainda não tem sequer preço estipulado.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários