Meio Bit » Arquivos » Fotografia » Livro Retratos de Luiz Garrido

Livro Retratos de Luiz Garrido

29/05/2011 às 21:25

Na Photo Image Brazil do ano passado o estande da iPhoto Editora estava uma verdadeira badalação. Muita gente legal ministrando palestras, responde a dúvidas e divulgando os materiais que estavam a venda. Um deles foi o Luiz Garrido que estava lá para falar do futuro lançamento do seu livro e de algumas histórias sobre os personagens que já havia fotografado. Essa pequena prévia foi suficiente para contagiar os presentes e muitos compraram a obra em seu pré-lançamento. Agora, depois de longos meses de espera, tenho em minhas mãos o livro Retratos - Técnica, Composição e Direção.

Existem duas maneiras de encarar esse livro. A primeira é como uma coletânea de memórias de Luiz Garrido e sua relação com a fotografia e os personagens que ele retratou. Acho muito proveitoso para os jovens fotógrafos que estão iniciando na profissão saber como um dos grandes retratistas do Brasil começou a fotografar. As motivações, as dificuldades a relação com a arte fotográfica. Temos tudo isso logo em um capítulo introdutório chamado simplesmente de "A história da minha história" onde através de uma leitura simples e envolvente nos preparamos para o que vamos encontrar no resto do livro. Óbvio que a parte principal do livro é quando o autor fala de seus personagens. São 24 personagens escolhidos e cada um ocupa um capítulo do livro. Dentro desses capítulos Luiz Garrido mostra as dificuldades e soluções que levaram a composição daquele retrato. Lembrando que o sucesso do fotógrafo como um retratista se deve ao fato de conseguir transmitir para a foto um pouco da personalidade do personagem retratado.

Muito justo que o livro comece com a Rogéria, não apenas por conta do teor artístico, mas também porque foi uma foto que causou polêmica alguns anos atrás quando a imagem foi proibida de participar de uma exposição no Congresso Nacional por conta da alegada desculpa da moral e dos bons costumes. Outra história que vale a pena de ver é sobre a foto da Isadora Ribeiro onde vemos quando os problemas podem vir a atrapalhar uma boa sessão de fotos e como é necessário que o fotógrafo tenha um bom jogo de cintura. Outra história engraçada é sobre a foto de Ziraldo, o pai do Menino Maluquinho. Aliás, uma constante em todas as histórias é a questão do fotógrafo perante a pessoa a ser retratada. Como chegar a uma celebridade e levar ela a posar da maneira que você a vê? Sim, é complicado. Por isso que parte do serviço do fotógrafo de retrato é ser comunicativo e saber explicar a pessoa a sua visão e como você o quer representar. Também encontramos no livro as histórias dos retratos de Jô Soares, Lula, Ferreira Gullar, ACM, Maitê Proença e muitos outros.

A segunda maneira de encararmos o livro é como um grande manual de como fazer fotografias de retrato. Ao longo de todo o livro temos a indicação do que o fotógrafo usa como equipamento e como fontes de luz. Incrível notar como tudo aqui é muito simples. Claro que alguns dos retratos foram feitos com filme e câmeras mecânicas, mas o próprio Garrido nos afirma que usa constantemente um jogo de apenas três lentes e uma fonte de luz para a maioria dos retratos. Uma boa indicação para quem acha que é necessário uma tonelada de equipamentos. Na segunda parte do livro temos os capítulos práticos, sendo que um deles é dedicado a confecção de retratos de beleza. Temos modelos e esquemas de luz nessa parte, além de mostrar a importância da equipe para a realização do trabalho (fotógrafo, maquiador e produtor). O próximo capitulo trata da Edição de Retratos e fechamos o pacote com um capitulo sobre equipamentos.

Para minha surpresa o livro acompanha um DVD onde temos uma representação visual dos capítulos técnicos do livro. Temos uma entrevista, onde Garrido conta um pouco de sua trajetória e como começou na fotografia e temos a montagem completa dos ensaios descritos no livro. Tanto equipamentos quanto esquemas de luz são mostrados na prática para o espectador. Ver um grande fotógrafo trabalhando na prática, mesmo que por apenas 40 minutos, é suficiente para enriquecer os seus conhecimentos e colocar novas idéias e possibilidades em sua cabeça.

O livro é magnífico e a qualidade de impressão é muito legal. Papel de qualidade e capa dura. As fotos são em preto e branco, demonstrando o estilo do fotógrafo. Além de todo conteúdo escrito por ele ainda temos uma incrível introdução Milton Guran sobre a importância do retrato na história e na arte. Muito propício e válido para engrandecer ainda mais a obra.

O livro Retratos - Técnica, Composição e Direção de Luiz Garrido está a venda no site da iPhoto Editora e o valor do investimento é de R$ 129,00.

relacionados


Comentários