Meio Bit » Baú » Games » Presos chineses seriam obrigados a atuar como gold farmer

Presos chineses seriam obrigados a atuar como gold farmer

Ex-presidiário afirma que detentos são obrigados a trabalhar como coletores de recusos nos jogos.

27/05/2011 às 8:54

dori_wow_26.05.11

O jornal The Guardian publicou recentemente uma matéria que de tão inacreditável, só pode ser verdade. O autor alega ter conversado com um ex-prisioneiro chinês de 54 anos chamado Liu Dali, que afirma que enquanto esteve cumprindo sua pena por fazer uma petição ilegal contra a corrupção na sua cidade, tinha de alternar trabalhos braçais com o papel de um gold farmer, aquelas pessoas que estão nos MMOs para ganhar ouro, que posteriormente é trocado por dinheiro real.

Os chefes da prisão ganham mais dinheiro forçando os internos a jogar, do que os obrigando a fazer trabalhos manuais. Há 300 prisioneiros que são forçados a jogar. Trabalhávamos em turnos de 12 horas no campo. Ouvi eles dizendo que podiam ganhar entre £470 e £570 por dia. Não víamos esse dinheiro e os computadores nunca eram desligados,” contou o homem, que ainda disse, “se eu não conseguisse completar a minha cota, eles me puniam fisicamente. Eles podiam me fazer ficar com as mãos levantadas para o alto e depois que eu voltasse para o meu dormitório, podiam me bater com canos de plástico. Nos mantinham jogando até que mal pudéssemos ver alguma coisa.

A venda de dinheiro obtido em títulos como o World of Warcraft no mundo real é uma das práticas mais combatidas nos jogos massivos online e mesmo movimentando milhões de dólares e sendo, de certa forma, defendida por alguns, já foi proibida pelo governo chinês em 2009, país onde inúmeros relatos apontam para pessoas que trambalham nesta área sob condições sub-humanas, recebendo cerca de US$ 142 por mês. O assunto inclusive já rendeu alguns documentários, como o Gold Farmers e o Second Skin.

Eu sempre fui a favor de que os condenados deveriam trabalhar enquanto estivessem presos, mas essa história é absurda demais, ultrapassando todos os limites da tolerância e após ficar sabendo que os videogames são usados com esse intuito e ainda por cima, dentro de uma instituição que teoricamente deveria ser controlada pelo governo, por um momento eu tive vergonha de ser um gamer.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários