Meio Bit » Baú » Miscelâneas » iPad Diaries: usando o tablet da Apple como ferramenta primária de produção

iPad Diaries: usando o tablet da Apple como ferramenta primária de produção

24/05/2011 às 11:49

20110519-114733.jpg

Tentarei passar uma semana somente com o iPad, não só como ferramenta de produtividade mas como peça de entretenimento. Meu feeling é que ele será muito útil combatendo minha dispersão patológica.

A meta de hoje é produzir alguns textos mas principalmente adequar minha rotina ao iPad. Não creio que o primeiro dia seja muito produtivo em termos de palavras escritas, mas tudo bem. O importante é que seja estabelecida uma rotina.

Alterações Filosóficas

O iPad mesmo não sendo realmente monotarefa também não é exatamente multitarefa. Ele consegue fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo, quem não consegue é o usuário. Sem o conceito de janelas (Sorry, Bill) ficar saltando entre aplicações é cansativo. Isso incentiva o foco.

Também pode ser produtivo, se você criar uma metodologia linear, otimizando o uso de cada aplicação. Estou planejando a seguinte estrutura (links no final do texto):

1 - Pesquisa de pautas e seleção de artigos

Usando FLIPBOARD e NewsRack, lendo e selecionando os temas a cobrir hoje. Ambos enviam links e textos para diversos serviços, como o Evernote, o Instapaper e o Read It Later. É esse último que usarei para agregar os posts selecionados.

2 - Definição dos artigos a escrever

de posse da lista de textos de consulta, criarei uma lista de artigos, separada por blogs. Para isso usarei o Story Tracker. Assim terei uma noção de quantos textos, quantas palavras e quais temas foram abordados quando e onde para cada veículo.

3 - Pesquisa de imagens

20110519-114906.jpg

Através do Images, buscar fotos e ilustrações para os artigos. Feito isso, é hora de editá-las com o Photoshop Express, fazendo recortes e redimensionando, se for o caso.

4 - Criação dos textos

Usando o Pages cada artigo será escrito. Hyperlinks podem ser adicionados, são preservados quando o texto é migrado para os editores dos blogs, isso facilita muito.

5 - Composição

O WordPress, BlogPress e Blogsy são ferramentas dedicadas, os textos serão copiados e montados junto com as imagens e links e enviados para seus devidos destinos. Os editores nativos dos sistemas poderão ser usados em caso de ajuste fino.

6 - Contabilidade

Textos serão marcados como enviados no Story Tracker, número de palavras adicionado e se for o caso o próprio hyperlink do texto será adicionado, para fins de arquivo.

Pode parecer complicado, mas não é. É ser sistemático. Sei que foge da imagem do blogueiro que senta e escreve (ou kiba) qualquer porcaria e vê o dinheiro entrar, mas é só uma imagem romântica que nunca existiu. Esse blogueiro mítico é o equivalente moderno ao caubói, só menos gay, se fosse omitir Brokeback Mountain.

Dia 1 - 18/5/2010, 14h

20110519-114800.jpg

Achar pautas é fácil, já tenho os temas do dia no Read It Later. Pausa para colocar uma lasanha no microondas e comer assistindo meus programas de "notícias" preferidos, o Daily Show e o Colbert Report.

Normalmente uso uma solução baseada em RSS e o µTorrent, mas em um iPad sem jailbreak isso não é possível. A alternativa é assistir aos programas nos sites oficiais. Alguns meses atrás os vídeos estavam todos em Flash, hoje já estão em HTML5, totalmente compatíveis com iPad e iPhone, tocando em tela cheia, se desejado.

Dia 1 - 18/5/2010, 15h

20110519-114822.jpg

Almoço terminado, hora de listar os textos, enviar pra lista de autores, evitando que alguém tenha tido minha ideia primeiro e eu escreva algo que está sendo coberto por outro. Enquanto escrevo, aproveito pra ouvir a rádio do Kevin Smith, autor de meus podcasts favoritos.

O serviço é via streaming, ao vivo. Pode ser acessado pelo site oficial, Smodcast.com ou com a aplicação Stitcher, que funciona em background, assim consigo ouvir e escrever ao mesmo tempo.

Dia 1 - 18/5/2010, 16h30

20110519-114835.jpg

O teclado Bluetooth Apple (já resenhado aqui) é excelente, mas com o frio está sendo mais confortável digitar via teclado virtual do próprio iPad. A velocidade é excelente, o corretor em português cuida da maioria dos acentos e embora ele ocupe 40% da tela, no caso específico do Pages, isso não incomoda. Em outros programas é diferente, principalmente IMs e a App do Twitter.

Dia 1 - 18/5/2010, 19h30

20110519-114850.jpg

Convite de um casal amigo para comer um hambúrguer de verdade no tal St Louis. Como chegar lá? Qual a melhor rota? É roubada?

Uma simples consulta ao Google Maps resolve e agora que fazemos parte da civilização e estamos no Street View, basta clicar no bonequinho do mal e acessamos a visão da rua. Sabendo como o bar se parece tudo fica mais fácil. O St Louis, aliás, é excelente, recomendo muito, tanto pela carne quanto pelas cervejas importadas.

Dia 1 - 18/5/2010, 23h59

Até aqui ajudou-nos o senhor iPad, mas as ferramentas de blogging ainda são muito limitadas, principalmente a oficial do WordPress. Veremos se durante a semana isso se torna um incômodo sério ou é só questão de costume.

Links Citados:

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários