Meio Bit » Baú » Mobile » A Vivo e o GSM

A Vivo e o GSM

19/09/2006 às 14:35

Como foi noticiado no fim de agosto, a operadora de celulares Vivo está adotando também a tecnologia GSM para os seus clientes, até o natal deve estar funcionando. A Vivo - diferente das outras operadoras - usa a tecnologia CDMA, que inclusive já foi chamada de tecnologia do futuro por algum tempo. O fato é que isso a torna um pouco limitada. O fato de a Nokia ter decidido reduzir os investimentos em celulares com esta tecnologia, com certeza influiu na decisão da operadora. O CDMA usado pela Vivo tem vantagens como o maior alcance, mas por outro lado, é um padrão criado por uma empresa ao passo que o GSM é um consórcio de várias empresas. Além disso, o GSM é mais barato tanto para o cliente como para a operadora, tem Roaming internacional e claro, a vantagem de utilizar o chip.

Apesar de ter demorado a entrar no mercado GSM, ainda vejo que a decisão será boa para os usuários finais, que ganharão mais uma opção para seus celulares. Segundo o presidente da Portugal Telecom (a Vivo é uma joint-venture entre a Portugal Telecom e a Telefónica Móviles), a empresa ficará com as duas tecnologias. Agora faço a pergunta que alguns farão quando implementarem o GSM na Vivo: vale a pena fazer a migração? Acho que deve ser bem considerada a quantidade de investimentos que será feita pela operadora em cada tecnologia (CDMA e GSM). Se estão implementando uma nova tecnologia é porque têm grandes planos para ela. Talvez, a hora de migrar será quando o GSM estiver bem implementado, ou seja, após alguns meses do lançamento. O que acham?

relacionados


Comentários