Meio Bit » Arquivos » Internet » Nokia anuncia que descontinuará a marca "Ovi"

Nokia anuncia que descontinuará a marca "Ovi"

Nokia volta atrás e descontinua a marca Ovi. A partir de julho, tudo volta a responder por "Nokia" mesmo...

17/05/2011 às 9:20

Adeus Ovi...

Adeus Ovi...

Certas lições da indústria são tão evidentes, apresentam tantos exemplos numa única direção, que chega a ser triste ver outras empresas caírem no mesmo erro. No nosso caso, criar uma nova marca para uma linha de serviços na nuvem.

Peguemos três gigantes da informática, Microsoft, Apple e Google. As duas primeiras, especialmente a primeira, criaram bagunças sem precedentes com a invenção de marcas para seus serviços online, Windows Live e MobileMe, respectivamente. No caso da Microsoft, até hoje todo mundo fala "MSN" para se referir ao Windows Live Messenger, e daí você tira o quão aderente é a marca; já no caso da Apple, as confusões que marcaram o lançamento do MobileMe irritaram profundamente Steve Jobs e fizeram cabeças rolarem em Cupertino. Já a Google manteve sua marca em toda a linha de serviços e... bem, deu no que deu.

A Nokia cresceu o olho no filão de serviços e, em vez de manter o forte nome atrelado à sua presença online, lançou um tal de Ovi. De repente, tudo era "Ovi alguma coisa", mesmo serviços já existentes antes, como o Nokia Maps -- então, Ovi Maps.

Não deu certo, claro.

Vem do Nokia Conversations, o blog oficial da companhia, a informação de que, agora, eles farão o caminho inverso, eliminando gradualmente a marca Ovi em prol da Nokia. Jerri DeVard, do setor de marketing da Nokia, explicou essa reviravolta no branding dos serviços da empresa:

"Tomamos a decisão de mudar o branding dos nossos serviços de Ovi para Nokia. Centralizando a identidade deles numa única marca, e não em duas, nós reforçamos o poder da marca Nokia e unificamos nossa arquitetura de branding -- enquanto continuamos a entregar boas oportunidades e experiências para parceiros e clientes."

Tudo bem, só perderam alguns anos insistindo numa estratégia que, desde o começo, não se mostrou muito promissora...

O retorno à marca Nokia será feito em etapas, com seu início programado para julho e término para o final de 2012. A mudança é apenas nas nomenclaturas; todos os serviços oferecidos hoje continuam iguais, para o bem ou para o mal.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários