Meio Bit » Baú » Ciência » Livro de ciência neurocognitiva revela por que os seres humanos acreditam em Deus

Livro de ciência neurocognitiva revela por que os seres humanos acreditam em Deus

Dr. Andy Thompson explica, em livro, os motivos que levam as pessoas a crer em deuses e propagar mensagens religiosas.

11/05/2011 às 9:09

Esse é um tipo de matéria que adoro escrever. Não necessariamente por estar relacionada diretamente a um dos universos da minha carreira e não também por representar um trabalho sério de um cientista respeitado, mas também, essencialmente nesse caso, pelo alto potencial de combustão e inflamabilidade provocativa que ela procura endereçar: religião.

O Dr. Andy Thompson é um respeitado médico-psiquiatra da Virgínia (EUA) que atua em áreas bastante interessantes da medicina forense, da psicologia evolucionária, da psicologia da religião e da psicologia do suicídio terrorista.

Ele é um publicador e palestrante bastante profícuo, extremamente bem articulado e com uma produção muito interessante e consistente, além de ser um dos maiores apoiadores da Richard Dawkins Foundation.

Sua última obra, um volume que ainda estou lendo nos entremeios da minha rotina frenética de mestrado e trabalhos, traz uma ampla gama de argumentos empíricos a respeito dos mecanismos que causam ao sistema nervoso humano a crença, bem como a uma predileção quase natural para a fabricação religiosa. Em poucas palavras, por que o ser humano acredita realmente em um ou vários deuses.

Como um proeminente porta-voz dos incríveis avanços da ciência cognitiva dos últimos 20 anos, o Dr. Thompson demonstra a partir de seus estudos a razão pela qual criamos tais mitos, por que os disseminamos tão fervorosamente e por que queremos que outras pessoas acreditem neles também.

Como são construídos os dogmas do ponto de vista cognitivo, o que são HADD (agentes hiperativos de detecção) e outros mecanismos cognitivos, a gênese do sobrenatural, quais os atuais poderes das instituições religiosas e como uma complexa trama de construções, muitas vezes totalmente irracionais, sequestram e populam as principais constelações sociais desde sempre.

Não é difícil perceber que a religião mata muito mais, proporcional e exponencialmente, do que salva. Finalmente, Thompson entrega parte do óbvio com um discurso praticamente irrebatível, que vai bem além de qualquer dúvida razoável, em um livro realmente bem argumentado. É como um duríssimo statement para qualquer avatar que diz: "veja, estou puxando um plug de cada vez da sua tomada e toda sua rede pode cair muito rápido ". Além do que, de quebra, é uma leitura bastante entusiasmante na verdade.

A renda sobre cada livro vendido é revertida à Fundação Richard Dawkins que, dentre as suas muitas beneficências, financia pesquisas nas áreas de psicologia da evolução, da religião e da crença humana, assim como inúmeras contribuições de apoio à organismos seculares e de caridade em diversos países.

Uma leitura e apreciações simplesmente imperdíveis. E como não posso deixar escapar a pimenta na ponta da labareda:

"Sorry kid! Seu Deus não existe - Exceto para você"

O livro? Ah claro, aqui. Bon apetit!

relacionados


Comentários