Meio Bit » Baú » Games » Capcom critica apagão da PSN e ataque hacker

Capcom critica apagão da PSN e ataque hacker

Segundo Capcom, apagão lhes custará milhares de dólares e ataque afeta a todos, não somenta a Sony.

09/05/2011 às 18:16

dori_cap_09.05.11

Na próxima quarta-feira completará três semanas desde que o Playstation 3 perdeu uma das principais características dos consoles dessa geração, a conexão com a internet e se, como jogadores, as nossas maiores preocupações são se nossos dados caíram nas mãos de dos invasores, quando voltaremos a jogar online ou o que a empresa nos dará quando a PSN voltar, para as desenvolvedoras o que tem lhes tirado o sono são os milhares de dólares perdidos durante o apagão.

Uma que se pronunciou, mesmo que através do seu fórum, foi a Capcom. Após serem perguntados sobre o que achavam do episódio, Chris Svensson, vice-presidente sênior da companhia não poupou críticas.

Eu estou frustrado e chateado por diversas razões.

Como consumidor, eu também jogo online no meu PS3, o que não posso fazer… e provavelmente, as minhas informações pessoais também foram comprometidas. Em segundo lugar, gosto de comprar coisas na Playstation Store e não posso fazer isso agora.

Em uma nota relacionada, como um executivo responsável por gerir um negócio, a interrupção resultando obviamente nos custa centenas de milhares, se não de milhões de dólares em lucro que estava planejado para o nosso orçamento. Eram fundos que contávamos para trazer novos jogos para o mercado e para os nossos fãs.

Resumindo, os hackers aparentemente estavam tentando ‘punir’ a Sony pelo o que consideram ser uma injustiça e acredito que eles tem sido eficazes nisso. Mas eles também estão punindo milhões de outros consumidores e negócios, o que torna impossível simpatizarmos com a sua ‘causa’.

Fantástico! Eu não conseguiria sintetizar de melhor maneira o que penso. O que essas pessoas que invadiram a PSN fez é um absurdo e ainda me surpreende ver alguns defendendo a atitude, que claramente atingiu muitos que não tinham nada a ver com a briguinha da Sony contra quem quer que seja. Mas não, o chato sou eu, que tenho que aceitar que esta é a melhor maneira de se protestar contra uma megacorporação demoníaca que só quer prejudicar seus consumidores que são obrigados, isso mesmo, obrigados a comprarem seus produtos.

Provavelmente alguém defenderá o grupo, que a empresa japonesa afirma ser o responsável pelo ataque e eu não possuo provas para dizer que foram mesmo eles que fizeram, mas será que devemos acreditar nas palavras de algumas pessoas que se escondem atrás de uma identidade virtual e que se vangloriam por terem conhecimentos técnicos capazes de derrubar uma grande rede? Enfim, seja lá quem tenha tirado a PSN do ar, é lamentável que tantos de nós tenhamos que pagar por uma conta que não nos pertence.

[via Edge]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários