Meio Bit » Arquivos » Indústria » Quem adora escrever na tela do iPad agora tem um equivalente para trabalhar com PCs comuns

Quem adora escrever na tela do iPad agora tem um equivalente para trabalhar com PCs comuns

Fabricante japonesa lança teclado touchscreen para PCs convencionais. Infelizmente, o potencial do equipamento é bastante limitado...

28/04/2011 às 9:48

Se você, por alguma razão que, sinceramente, deveria servir de base para um estudo científico-psicológico aprofundado, prefere "digitar" em telas sensíveis a toques, como a do iPad, em vez de num belo, ergonômico e confortável teclado convencional, com teclas que dão o imprescindível retorno tátil, deveria ficar de olho nesse lançamento oriental.

O Cool Leaf Keyboard, desenvolvido pela japonesa Minebea, é um teclado... diferente. Em vez de teclas, o teclado em si é uma tela horizontal sensível a toques, vulgo touchscreen. Quando desligado, se transforma num espelho muito bom; quando em ação, exibe um teclado padrão (japonês, com versões ocidentais a caminho) tradicional, contando até com tecladinho numérico à direita.

Minebea Cool Leaf Keyboard.

Minebea Cool Leaf Keyboard: um grande potencial desperdiçado.

Sim, eu também fiquei empolgado imaginando as possibilidades. Reconfiguração de teclas, troca dos rótulos por ícones contextuais em jogos, até mesmo o uso do espaço, aproveitando sua característica multitouch, para outros fins, como desenho, edição gráfica e até mesmo joguinhos.

Infelizmente, pelo menos nessa primeira geração, a Minebea foi um tanto muquirana. O teclado touchscreen é estático, ou seja, não permite que nada seja alterado em sua configuração. Damn it!

Em outras palavras, você troca teclas por um telão que só exibe... teclas. Um desperdício de potencial. A única vantagem é que, diferente dos teclados convencionais, nesse a limpeza e remoção de germes e bactérias é mais fácil. E antes que me chame de fresco por conta desse detalhe, é bom saber que um teclado tem mais germes do que um vaso sanitário...

Ah sim, o preço: US$ 245. Se serve de consolo, é (bem) mais barato que um Optimus Maximus.

Via Mashable.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários