Meio Bit » Baú » Fotografia » Wedding Brasil 2011 – Primeiro Dia

Wedding Brasil 2011 – Primeiro Dia

26/04/2011 às 23:33

É com muita satisfação que participamos do primeiro dia do Wedding Brasil 2011. Digo participamos no plural porque consegui arrastar todos os meus sócios para o evento apostando na qualidade do mesmo. Fotografar casamentos é uma das principais fontes de renda para um estúdio fotográfico, mas é preciso estudar sempre para se manter atualizado das novas tendências e aprimorar o conhecimento técnico. O evento, que começou no sábado com os workshops, entra em sua fase de palestras. São três dias com muita informação e quatro palestras por dia que são realizadas no auditório do Memorial da América Latina em São Paulo. O credenciamento se iniciou nessa terça-feira às 7:00h e a primeira palestra se realizou às 10:00. Como sempre o atendimento do pessoal da organização foi muito bom e o material disponibilizado na pasta dos congressistas é de ótima qualidade. Passei o dia fazendo a cobertura via Twitter e agora temos aqui um resumo das palestras do dia.

Só lembrando que o dia começou de forma divertida e descontraída quando membros espalhados pela platéia começaram simplesmente a dançar. No meio da coreografia convidaram os congressistas a irem para o palco e participar da festa. Já tinha visto algumas dessas iniciativas na internet, mas nunca tinha presenciado uma delas ao vivo.

26042011-_MG_6625

26042011-_MG_6627

1º Palestra – Aumente seu Lucro Através de uma boa Estratégia de VendasFabio Laub.

O primeiro a entrar no palco foi o Fábio Laub que veio tratar de um assunto muito sensível. Estratégias de vendas. O principal foco da palestra foi que o fotógrafo tem que se conectar ao cliente e vender sonhos e não apenas um álbum ou fotos. Além da parte teórica da coisa, mostrando alguns conceitos e apontamentos sobre a arte de vender fotografia, Fábio realizou uma dinâmica onde simulou um encontro com futuros clientes. Ficou bem claro que o fotógrafo não deve ser apenas um prestador de serviços e sim ter uma conexão com o cliente, chegar a ter uma ligação emocional. Ficou bem claro que o importante para o fotógrafo, quando o cliente chega ao estúdio, não é somente mostrar o seu portfólio e sim mostrar ao cliente um pouco de sua história de vida, mostrar o que pode fazer como fotógrafo e como começou a fotografar. O principal é mostrar que você está nessa profissão por amor e não apenas por grana. Fábio Laub começou a apresentação um pouco nervoso, mas logo engrenou e se apresentou de maneira confiante e bem humorada.

26042011-_MG_6638

2º Palestra – Fotógrafo Artista: do clique a finalizaçãoJoel e Isa Reichert

Os irmão Reichert já haviam participado do Estúdio Brasil 2010 e agora voltam ao Wedding Brasil para falar sobre a questão da arte nas fotos de casamento. Aqui encontramos o primeiro ponto de discórdia do evento. Para os irmãos, o mercado fotográfico atual retirou de nossas imagens a característica artística e a captura dos sentimentos. Dessa forma as características técnicas devem ser colocadas em segundo plano e se priorizar a composição artística e a captura do sentimento. Foram utilizadas como exemplo as fotos de casamento do próprio Joel que foram feitas dentro de uma nova perspectiva. Algo de característica bem alternativa. Até concordo que é o tipo do trabalho que mais daria prazer para os verdadeiros fotógrafos de casamento, mas isso depende muito da personalidade dos noivos. A parte prática foi bem bacana. Tivemos um casal de noivos que ficou a disposição para a produção de um ensaio. Creio que o mais bacana, embora seja uma característica técnica, foi a demonstração de como trabalhar a iluminação com flash remoto. Muito interessante e uma prática não utilizada por muitos (digo isso pela surpresa dos congressistas que estavam a meu lado).

26042011-_MG_6652

3º Palestra – Iluminação Criativa na Fotografia de CasamentoEvandro Rocha

Essa foi uma palestra muito bacana. Já conheço o trabalho do Evandro Rocha e sempre gostei de suas soluções criativas referentes a iluminação. O que ele nos trouxe foi justamente como usar a luz, seja ela natural ou artificial, para imprimir em sua fotografia um diferencial. Para Evandro o conhecimento técnico é o principal para alcançar um bom resultado (exatamente ao contrário do que ouvimos na palestra anterior), pois o fotógrafo pode até ter uma boa idéia, mas não sabe como realizá-la. Ele nos mostrou as principais características da luz que devemos conhecer (intensidade, volume, direção) e como utilizar esse conhecimento a seu favor. Depois de mostrar uma fantástica galeria de fotos que foram feitas explorando esses conceitos, passamos para uma abordagem prática onde um casal de modelos foi fotografado no palco. De quebra, muitos aprenderam as principais características do sistema de flash master e slave da Canon. Ótimo que as pessoas saibam que o que dispara o flash slave na Canon não é o infravermelho e sim a luz do flash, ao contrário do que muitos pensam. Apanhei muito para aprender isso com meus dois flashes. Ao final ainda foi feita a tentativa de realizar um splash com duas alianças.

26042011-_MG_6666

4º Palestra – Contratos – Proteja-se Através de Tópicos ImprescindíveisJosé Roberto Comodo

Comodo é um cara que todo mundo conhece. Advogado e Fotógrafo, ele é especialista em defesa de direitos de fotógrafos e trouxe para os participantes um tópico muito importante. A questão dos contratos de casamento e de prestação de serviço em geral. Essa é uma das partes mais complicadas para quem está começando e até para quem já está na estrada há muito tempo. Embora tratasse de pontos claros e bem definidos, o começo da palestra trouxe um pouco de conflito entre os participantes, pois tratou do tema da famosa caixinha em algumas igrejas católicas. Claro que todo mundo tinha uma história para contar, mas surgiram alguns defensores das igrejas que tumultuaram a discussão. Gente, não misture religião com os atos dos homens. Isso quase nunca funciona. O resto da palestra seguiu com certa tranqüilidade, mas muitos queriam colocar suas dúvidas para o advogado, o que tornou o andar da carruagem um pouco lento. De resto ficamos sabendo de pontos importantes que devem fazer parte do contrato para que possamos proteger nossos direitos e não cair nas armadilhas de um contrato mau feito. Ouso dizer que foi uma das melhores palestras do dia.

26042011-_MG_6678

O primeiro dia foi muito interessante. Muita informação e discussões positivas. Mas, fora os palestrantes, temos alguns pontos positivos e negativos que encontrei durante o dia. O principal ponto positivo que encontro foi o barateamento da refeição. Quase metade do que pagamos nas refeições do Estúdio Brasil. Sem falar que temos mais opções de alimentação dessa vez. O lado negativo fica por conta de alguns congressistas que insistem em ficar conversando no meio das palestras (tive o desprazer de sentar na frente de um grupo desses) ou ficar dormindo nas cadeiras. Sinceramente, esse não é o tipo de comportamento que encontramos nesses evento, principalmente por conta do preço que foi pago para a participação.

Agora é só descansar e aguardar pelo dia de amanhã que vai ser recheado de palestras internacionais. Continue acompanhando a cobertura pelo nosso twitter e vejam aqui um pouco das fotos do primeiro dia.

relacionados


Comentários