Meio Bit » Baú » Fotografia » picplz: Pictures, Please.

picplz: Pictures, Please.

picplz é uma alternativa mais democrática e completa ao Instagram.

25/04/2011 às 14:15

picplz.jpg

Não me lembro quem me disse isso uma vez, mas já ouvi que "O Instagram só existe porque a câmera do iPhone sempre foi ruim". Eu costumava concordar, pois só mesmo envelhecendo e disfarçando a porcaria da imagem que saía do iPhone para gostar alguma coisa do resultado.

Acho que essa regra até bem valia até a chegada do iPhone 4, uma vez que muitos Nokia, Sony Ericsson e outros custavam apenas uma fração do preço e entregavam uma qualidade infinitamente superior, flash de xenon, lentes Carl Zeiss e o caramba a quatro — e ainda filmavam a 20-30 fps. Como a Apple consegue? Me diga você fanboy...

Fora isso, existe o fato de que se vende um rim para saciar a fome do early-adopter e no final a maioria deles acaba fazendo com que tudo vire mais uma mania cult meio que beira o absurdo (Conheço um certo nosso editor Tio Ghedin que, como eu e a rapa, ainda procura entender o Instagram...).

Sim, porque transformar as fotografias do último e mais caro gadget em imagens mimetizadas de máquinas a filme de mil novecentos e guaraná com rolha é no mínimo um "felômeno" a ser observado.

É bastante fácil achar que uma foto pode ser melhorada se for transformada em algo com cara de que sobreviveu ao tempo da crítica. Inconscientemente, essas imagens super-lomo-toy-filtradas dão a impressão de que foram tiradas a trocentas eras e tudo fica mais "bonitinho" de se ver. Aceitável e Blah!

De qualquer maneira, todos esses rebentos pós-Flickr ao menos atraem todos os olhos para a fotografia. E isso é uma coisa boa. Cosi.

Instagram

Pessolmente, acho que a única coisa joinha a respeito do Instagram é o fato de ele que foi co-criado e desenvolvido por um paulistano brazuca legítimo, que foi morar e trabalhar nos EUA e experimentou o gosto doce do instant-hype logo na primeira empreitada.

Mike Krieger foi trabalhou no desenvolvimento do Meebo, na California, e após atuar em diversas áreas da empresa, acabou decidindo que era hora de auto-empreender e partiu para San Francisco. Foi de lá que criou um dos apps mais populares da App Store junto de seu colega, Kevin Systrom, atual CEO do Instagram.

Tirando isso, e pensando na relação fotografia e internet social mesmo, eu pulo daqui direto para o picplz.

O picplz é basicamente um Instagram, só que com vários adicionais bem mais interessantes. Primeiramente, ele está disponível tanto para iOS quando para Android e também é gratuito. (Não comece a transpirar à toa, fanboy).

Sim, ele tem menos (e mais razoáveis) filtros de imagem. Entretanto, disponibiliza todo um website interativo para os seus membros, onde torna possível avaliar os trabalhos que mais curtimos. Pode-se interagir com seus autores, comentar, recomendar e até montar uma coleção particular de fotos só nossas, de outras pessoas ou de todo mundo junto.

Além disso, atualizações automáticas para sua conta no Facebook, no Twitter, Tumblr, Posterous, Foursquare, Flickr e até mesmo uma original em alta resolução da foto pode ser salva na sua conta Dropbox dão um toque mais interessante ao serviço. MUITO mais interessante.

Ao oferecer todo um website ao usuário, é possível você ver as suas imagens e as dos outros em um tamanho bem mais amigável e interagir com seus criadores. Também é possível subir imagens sem a necessidade do telefone. Isto é, você pode tirar a foto em qualquer lugar (mesmo que você esteja offline) e subir depois, do seu computador ou notebook.

O público e o olhar parecem ser também um pouco mais... digamos... de bom foco e amadurecido. Curioso, mas há mesmo uma leitura da imagem BEM mais variada que aquelas nas submissões do Instagram. Dessas indicadas acima, há muitas. E, por ser mais democrático, social e aberto, é também bem mais popular. Hmmm-Hmmm, seu Artista. Hmmm-Hmmmm...

Se você já abriu mão da perfeição incompleta do iOS e já se entregou à funcionalidade sem bullcrap do Android, pode experimentar sem trair qualquer traço de fanboyzice que possa habitar em você, sem medo.

relacionados


Comentários