Meio Bit » Baú » O software é livre, a conferência não

O software é livre, a conferência não

18/08/2006 às 16:24



Pelo visto quem leva Linux a sério também não gosta de fanboys.

Este usuário foi visitar a LinuxWorld para tirar fotos dos novos smartphones rodando Linux quando reparou nos cartazes espalhados pela feira, que diziam em bom português inglês:

LinuxWorld está aberta somente para profissionais. Não será admitido ninguém com menos de 18 anos.

Por um lado, isso ajuda muito a elevar o nível das discussões, e explica como um Gerente de Produto da Microsoft consegue juntar gente racional e inteligente para bater papo. mas por outro lado, dada a carência de grandes eventos, é sacanagem com os entusiastas, que são diferentes dos fanboys. Com 15 anos eu já ia nas FENASOFTs e COMDEXs no Brasil, e adorava. Acho que uma boa medida é liberar a feira para, digamos, maiores de 14 anos e as conferências sim somente para profissionais.

Felizmente no caso o autor tinha mais de 18, e conseguiu excelentes fotos de smartphones rodando Linux.

Fonte: Digg

relacionados


Comentários