Meio Bit » Baú » Miscelâneas » Mesa de Pé: Ferramenta de produtividade?

Mesa de Pé: Ferramenta de produtividade?

18/04/2011 às 17:46

chloe

Nesta matéria do BoingBoing o autor descreve o processo de criação de uma “mesa de pé”, uma bancada de trabalho para ser usada… de pé.

Não é tão absurdo assim, cientistas trabalham de pé, no máximo usam banquinhos mas quando você está misturando enzimas teratogênicas que podem transformar você em um mutante superpoderoso ou te causar um câncer fulminante (adivinhe as chances de cada um) é melhor ficar de pé do que equilibrado em pedaços de madeira.

Quem trabalha em bancada trabalha de pé, é um hábito bem antigo. Nesta entrevista o Ex-Secretário de Defesa dos EUA, Douglas Rumsfeld dá um esporro no entrevistador que diz “é estranho”. O fato do entrevistado de 78 anos gostar de trabalhar de pé é demais para ele, que acabou tomando um esporro. “estranho é você, sentado aí”.

A idéia nunca me atraiu, mas pensando bem foi apenas por… nunca ter pensado nisso. Quem tem hyperatividade e falta de concentração pode se beneficiar bastante, o esforço cerebral para manter o equilíbrio e ficar de pé pode dar a ilusão de “multitarefa” que o cérebro precisa, permitindo que nos concentremos em uma única tarefa.

Ficar de pé também é mais saudável que ficar sentado, TVB é um problema sério. Vários estudos corroboram que mesmo levantar de vez em quando é mais saudável que ficar sentado direto (adivinha quem fica sentado direto: \o/”

O simples ato de estar de pé demanda processamento cerebral E músculos em uso constante. O resultado é que são pelo menos 50 calorias a mais por hora, comparado com o mesmo período sentado.

A perspectiva me parece muito promissora, irei experimentar por uma semana e postarei os resultados. Acho que pode resolver meu problema de PTSD, digo, ADD.

relacionados


Comentários