Meio Bit » Baú » Mobile » Spam em celular - livres até quando?

Spam em celular - livres até quando?

17/08/2006 às 14:17


celular.jpg

Algo que as operadoras de telefonia investem muito é no controle de spam. Qualquer tentativa de abuso é imediatamente contida, mas até quando? Na Internet os spammers dominam, quem tem blog sabe o quanto são incômodos e descobrem novos meios de contornar as medidas de proteção. No telefone celular, podem inviabilizar uma das maiores fontes de renda das operadoras, o SMS.

Elas inclusive só aceitam SPAM próprio, nenhuma fornece o serviço de cancelar o envio de mensagens "informativas" e "promocionais", com a TIM mandando 3 ou 4 mensagens toda sexta-feira, até que liguei e cancelei o SMS totalmente.

Se receber 10 mensagens de "nAturAl V1a6ra" por dia já cansa no computador, imagine no celular. Será motivo para muita gente cancelar completamente o serviço de SMS. O pior é que muito provavelmente do ponto de vista técnico pode ser inevitável. Já há programas que contornam o mecanismo de envio de SMSs e transmitem mensagens sem custo, o primeiro passo para um SPAM.

Ao contrário dos emails, não é preciso se preocupar com dicionários ou listas de endereços, coloque o prefixo, faça um loop de 0000 a 9999 e pronto. A quantidade de mensagens a enviar também é muito menor do que via email. As redes de máquinas zumbi utilizadas por spammers podem cuidar desse envio brincando, se rodarem a aplicação correta.

Um spam enviado com um número de retorno apontando para um daqueles telefones suspeitos no caribe que cobram US$20 / minuto e dividem a renda com o picareta autor do spam pode render literalmente milhões.

Eu aconselho a todos aproveitarem a lua-de-mel dos celulares com o SMS, ela não vai durar e teremos tempos difíceis pela frente.

relacionados


Comentários