Meio Bit » Baú » Indústria » Dell: Recall de 4.1 milhões de baterias de notebooks

Dell: Recall de 4.1 milhões de baterias de notebooks

15/08/2006 às 6:17

colaborou: cardoso

Após seis episódios de problemas sérios envolvendo fogo e fumaça em notebooks Dell, a fabricante decidiu fazer um

recall
de boa parte de suas baterias em notebooks das linhas Latitude, Inspiron e Precision, em um total de 4,1
milhões de computadores afetados. O recall é o maior da história de produtos eletrônicos de consumo. O custo
estimado para a empresa é de US$300 milhões. Os custos em termos de imagem são incalculáveis.

Ultimamente a Dell vinha enfrentando muitos ataques por parte de consumidores insatisfeitos com seu suporte, tendo
inclusive se comprometido publicamente a mudar sua estrutura de atendimento. Esse recall, que causará danos
por anos à imagem da empresa, foi uma decisão ousada e bem-vinda, ao contrário da Apple que tentou tampar o Sol com a
peneira afirmando que o iPod Nano não arranha fácil.

No que seria o pior caso, um laptop Dell pegou fogo na cabine de uma pickup, detonando munição no porta-luvas,
atingindo o tanque de combustível e explodindo o
veículo
. Ninguém ficou ferido.

A Dell não está sozinha, as baterias defeituosas foram produzidas pela Sony, que por sua vez disse estar
"apoiando financeiramente" a Dell. Analistas estimam esse apoio em algo em
torno de US$225 milhões
. Com outros produtos de diversos fabricantes também afetados, o fiasco para a Sony será
maior do que o do RootKit de alguns meses atrás.

A recomendação da Dell é retirar imediatamente a bateria do notebook, e usar o computador somente com o cabo de
energia. Isso não deixará os usuários nada contentes. A insatisfação já se refletiu no mercado, com as ações da Dell
caindo 2% em um dia. Espera-se que a Sony siga o mesmo caminho.

No Brasil a Dell está anunciando o recall em seu site, com nuito pouco destaque, diga-se de passagem. As
instruções para identificar se seu notebook corre o risco de brincar de tocha humana estão neste link aqui.

relacionados


Comentários