Meio Bit » Baú » Internet » Office na nuvem é lançado oficialmente no Brasil

Office na nuvem é lançado oficialmente no Brasil

Microsoft lança Office Web Apps oficialmente no Brasil.

13/04/2011 às 13:46

Talvez você estranhe esse "lançamento", visto que o Office Web Apps já está acessível faz algum tempo. Hoje, porém, a Microsoft Brasil oficializa e estende, para quem quer que, por algum motivo, não tivesse acesso à suite, a versão do Office que roda na nuvem, dentro do Windows Live.

Crie documentos na nuvem. O Office Web Apps é a resposta da Microsoft às investidas de Google e Zoho num campo onde, até pouco tempo atás, a empresa de Redmond só permitia aos seus usuários salvarem seus arquivos produzidos no Office — Office Workspace, lembra? Com Word, Excel, PowerPoint e OneNote, a Microsoft quer tapar essa lacuna em sua oferta líder de mercado de aplicativos para escritório.

Além da disponibilidade e gratuidade, os aplicativos preservam a formatação dos documentos gerados no Office quando exibidos/editados na nuvem, aspecto no qual os concorrentes patinam feio. Esses são, segundo Beatriz Silveira (gerente de Windows Live para a América Latina) e Carolina Aranha (gerente geral de online da Microsoft Brasil), os pontos fortes do Office Web Apps. As duas demonstraram ontem, ao Meio Bit, um pouco do funcionamento e características dos aplicativos.

Quando o assunto é trabalho colaborativo (e isso realmente importa em arquivos na nuvem), há uma certa confusão na solução da Microsoft. Primeiro porque, dependendo do aplicativo, o trabalho em grupo é feito no navegador (Excel, OneNote) ou no cliente local (Word, PowerPoint). Também chamam a atenção as ausências de um bate-papo integrado e, pelo menos nos aplicativos colaborativos do navegador, de indicadores sobre o que seus colegas estão fazendo naquele momento. Há promessas para deixar tudo mais claro, mas é coisa para o futuro.

Documento aberto no Word Web App.

Documento aberto no Word Web App. (Clique para ampliar)

O Office Web Apps chega bem integrado às demais soluções da Microsoft, o que é deveras agradável. O armazenamento online se aproveita do farto espaço do SkyDrive (25 GB), há ótimo suporte ao gerenciamento de arquivos recebidos por email no Hotmail e todo e qualquer arquivo hospedado na nuvem pode ser trabalhado localmente com o Office 2010.

Se por um lado Google, Zoho e outros competidores ainda não fazem cócegas ao domínio da Microsoft nessa seara, em termos de recursos focados na nuvem, principalmente no trabalho colaborativo em tempo real, a disputa é bastante equilibrada. Cada um oferece o que tem de melhor e trabalha arduamente para corrigir erros e melhorar pontos críticos. Competição é uma maravilha e, apesar de longe da perfeição, o Office Web Apps chega com bons recursos para brigar!

relacionados


Comentários