Meio Bit » Baú » Games » Free Realms quer chegar a 100 milhões de jogadores

Free Realms quer chegar a 100 milhões de jogadores

Produtoa acredita que ele poderá durar muitos anos no mercado e conquistar uma imensidão de jogadores.

06/04/2011 às 17:00

dori_free_05.04.11

Há praticamente um ano a Sony lançou para o PC o Free Realms, um MMO gratuito que tinha como objetivo conquistar as crianças. Existia a promessa de que o jogo chegaria também ao Playstation 3, o que só aconteceu na semana passada, mas nesse meio tempo o game conseguiu atrair dezessete milhões de pessoas, uma marca bastante respeitável, mas de acordo com John Smedley, presidente da Sony Online Entertainment, as pretensões da companhia são muito maiores.

17 milhões é um número fenomenal, estamos muito satisfeitos com esse sucesso e ele continuará crescendo. Não acho que parará até chegar a 100 milhões de jogadores. Acho que pode levar cinco ou seis anos, mas eu não vejo nenhuma razão do porque não poderíamos chegar a 100 milhões, porque há muitas crianças por aí e a grande coisa sobre um jogo para crianças – e isso é diferente para um público adulto e as pessoas não pensam sobre isso – é que sempre há mais crianças.

O executivo citou como exemplo o Everquest, que já completou o seu décimo segundo aniversário e disse acreditar que o Free Realms poderá seguir o mesmo caminho. O objetivo parece ser bem difícil de alcançar, mas a justificativa de Smedley faz sentido, até porque estamos falando de algo gratuito e que praticamente não possui concorrentes.

Eu baixei o jogo no meu PS3 e gostei do que vi, mesmo não sendo o público ao qual ele se destina. Graficamente o game é bonito e sua jogabilidade é bastante intuitiva, permitindo que qualquer criança com seis ou sete anos consigo jogá-lo. Talvez eu só dedique alguns minutos a o MMO por causa do meu sobrinho, que vive me pedindo para jogar algo com ele, mas se eu tivesse a idade do moleque, acho que ficaria o dia todo correndo pelo mundo do Free Realms.

[via GamesIndustry]

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários