Meio Bit » Baú » Miscelâneas » India rejeita computador de US$100. Prejudicial à saúde das crianças

India rejeita computador de US$100. Prejudicial à saúde das crianças

27/07/2006 às 14:45

Um relatório do
Ministério de Desenvolvimento de Recursos Humanos da India recomendou a
rejeição do projeto do Computador de US$100,00 - OLPC - do MIT. O Jornal
India Times divulgou a notícia,
que começa com vários pontos que fazem sentido.

"É óbvio que o dinheiro a ser gasto viria dos recursos públicos", diz o relatório, que também defende que a verba seria melhor usada em educação primária e secundária tradicionais.

Também perguntam: "Por quê nenhum país desenvolvido foi escolhido para testar esse projeto, visto que esses
países também estão muito longe de universalizar o acesso a laptops entre crianças de 6 a 12 anos?

Aqui acabam os questionamentos razoáveis, e o relatório, que poderia ser levado a sério, vira bagunça. O Ministério
diz que:

Os efeitos físicos e psicológicos da exposição intensiva ao computador implícito no OLPC são preocupantes, para dizer o mínimo.

Calma, ainda melhora:

Os problemas de saúde das crianças de nossa área rural são bem conhecidos; uso intensivo de computadores poderia
facilmente piorar alguns desses problemas, especialmente os relacionados com visão e coluna.

Falta de visão tem, obviamente, quem assina esse relatório. Há projetos melhores para gastar esse dinheiro? Com
certeza. Merenda, cuspe e giz têm funcionado desde Platão, mas dizer que não vão adotar o projeto baseado em
possíveis efeitos de saúde?

Provavelmente no próximo relatório o Ministério promoverá o banimento dos videogames pois "estragam a
televisão" e lançará uma campanha nacional para prevenir o consumo de manga com leite.

relacionados


Comentários