Meio Bit » Baú » Hardware » Mouse de Dedo?

Mouse de Dedo?

17/03/2011 às 10:09

Muito tempo atrás (muito mesmo) alguém teve a idéia de um teclado-laser para Palms. Anos se passaram antes do primeiro protótipo aparecer. Quando começou a ser vendido o custo do equipamento assustou os consumidores, mas o pior mesmo foi que o grande problema do teclado já havia se tornado conhecimento geral: A falta de feedback.

Um teclado normal possui um mecanismo de amortecimento. Isso faz com que não só o dedo sofra menos impacto como retorna uma informação táctil de que a tecla foi pressionada. O Teclado-Laser não tinha nada disso.

Um teclado virtual como o do iPhone a princípio é semelhante, mas por ser em uma tela, estamos psicologicamente condicionados a achar que é frágil. Pode reparar, quem usa iPad para digitar o faz literalmente com a ponta dos dedos. Todo equipamento com tela de toque gera esse comportamento.

NOTA: Palmas para mim por usar de forma correta o termo “literalmente”.

Por isso fico com três pés atrás quando vejo uma proposta como o evoMouse, que não é o mouse do Evo Morales o Zacarias do Mal. Mesmo assim a idéia é boa, veja só:

Será que isso fará sucesso onde o teclado não deu certo? O mundo portátil não depende de mouses. Notebooks contam com vários dispositivos de movimentação, seja trackball, trackpad ou clitóris, então não há realmente ganho.

Gamers nem chegarão perto.

Poooor outro lado, a possibilidade de gestos é bem atraente. Unificaria o Magic Trackpad da Apple com um mouse comum.

Se o preço ficar abaixo da barreira mágica de US$100,00 acho que é algo que vale a pena experimentar, até porque é essencial estar aberto (da cintura pra cima) para novas experiências. Eu odiava teclados virtuais, hoje prefiro o do iPhone a todos os outros de verdade exceto o do E71.

PS: Sim, a ponta dos dedos ficará imunda, faz parte.

relacionados


Comentários