Meio Bit » Baú » Ciência » Indústria de games ajuda vítimas do terremoto no Japão

Indústria de games ajuda vítimas do terremoto no Japão

Várias empresas farão doações para as vítimas do desastre japonês.

16/03/2011 às 9:08

dori_jap_16.03.11

Um jogo de corrida ambientado numa São Francisco que foi destruída por um terremoto de proporções épicas. Esta foi a ideia da Evolution Studios para vender aos jogadores o MotorStorm: Apocalypse, título promissor que deveria ter sido lançado esta semana, mas que devido ao desastre ocorrido no Japão foi adiado indefinidamente. Alegando estar estar consciente do paralelo entre esses eventos e o tema do jogo, a Sony está fazendo todo o possível para ser sensível com a situação, no entanto o jogo já estava em distribuição e por isso eles estão cancelando o envio de novas unidades às lojas, assim como todos os materiais de divulgação.

Quando milhares de vidas foram ceifadas por uma catástrofe como essa, o que as pessoas menos estão preocupadas é com o prejuízo que as empresas enfrentarão, mas a atitude da gigante japonesa torna-se ainda mais louvável quando sabemos que ela não apenas cancelou o lançamento do jogo em respeito as vítimas, o que não deixa de ser admirável, mas que também fará uma doação de cerca de 3,7 milhões de dólares, além de enviar 30 mil rádios para aqueles que foram afetados pelo terremoto e pelo tsunami, e outros produtos eletrônicos que possam ser úteis.

Essa foi apenas uma das iniciativas tomadas por algumas das companhias envolvidas com a criação de games e que estão de alguma forma dando sua contribuição para que o arquipélago japonês consiga se reerguer. A Nintendo informou que fará uma doação semelhante a da Sony, enquanto que Sega e Namco enviarão 2,47 e 1,2 milhões de dólares, respectivamente, sendo que esta última comprometeu-se ainda a reduzir o consumo de energia em seus escritórios e lojas de fliperamas.

Quem também doará cerca de 1,2 milhões de dólares é a Capcom, iniciando ainda uma venda promocional do Street Fighter IV para o iPhone por US$ 0,99 e cujo todo o faturamento será convertido para as vítimas japonesas. Já a Konami e Square Enix informaram que os servidores do Metal Gear Online e Final Fantasy XI e XIV foram desligado temporariamente com a intenção de reduzirem o consumo de energia.

[via Made in Japan e Eurogamer, com dica do Tiago Nowadzki.]

Leia mais sobre: , , , , , .

relacionados


Comentários