Meio Bit » Baú » Games » Quantic Dream quer levar drama para outros gêneros

Quantic Dream quer levar drama para outros gêneros

04/03/2011 às 13:58

dori_cod_04.03.11

O Heavy Rain foi um grande marco para a indústria de games, não por trazer personagens animados de forma convincente ou por girar quase que completamente em torno dos Quick Time Events, mas por mostrar aos consumidores (e para as outras desenvolvedoras) que á mídia está preparada para receber histórias elaboradas e principalmente, carregadas de drama. Mas você já pensou em uma produtora como a Quantic Dream aproveitando sua experiência para trabalhar em um jogo, digamos, mais violento? Pois foi o que revelou David Cage, chefe do estúdio.

Quero criar um gênero. Quero convencer mais pessoas que os jogos emocionais é uma sólida direção para a indústria; mostrar à elas que não é apenas um produto, uma história. É um formato que pode ser usado para contar qualquer tipo de história, em qualquer gênero, em qualquer tom. Eu realmente adoro a oportunidade de trabalhar em diferentes tipos de jogos. Adoraria ver se o que descobrimos poderia ser aplicado aos jogos de tiro em primeira pessoa, por exemplo.

Um jogo sobre a guerra é algo que gostaria de fazer, só para ver se conseguimos nos aproximar dos filmes; não glorificando a guerra, mas falando sobre ela de um ponto de vista realista. A Guerra não é divertida – falando sobre o que as pessoas envolvidas sentem, o quão horrível a guerra pode ser para elas… Quando falamos sobre a guerra, é sempre sobre ser algo legal – você tem aquelas armas enormes e mata um monte de gente.

Eu gostaria de fazer uma abordagem diferente, contar uma história que envolva política ou algo mais sério… Eu irei trabalhar nisso, é algo que realmente quero fazer.

Tentar mostrar o drama nas batalhas não chega a ser algo realmente novo e basta encarar um Call of Duty para perceber isso, mas quem jogou o Heavy Rain sabe o quanto eles conseguiram prender os jogadores à trama, levando a carga dramática nos games a outro nível e vê-los fazendo algo semelhante em um grande conflito seria fantástico. Eu sempre gostei muito de filmes sobre a segunda guerra, mas para mim os melhores não são aqueles que mostram apenas tiroteios e explosões fielmente recriados, mas sim os que focam no trauma vivido pelos personagens, como o Além da Linha Vermelha e acho que um jogo assim seria fantástico.

[via CVG]

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários