Meio Bit » Baú » Games » Não espere um sucessor do Wii para tão cedo

Não espere um sucessor do Wii para tão cedo

Iwata diz que Wii segue vendendo bem e que não chegou no seu limite.

03/03/2011 às 12:23

dori_wii2_02.03.11

Parece consenso entre as fabricantes, as produtoras de jogos e os gamers que uma nova geração em pouco tempo não seria algo muito bom, dada a qualidade dos títulos que tem sido lançados atualmente e a uma diferença não muito grande para o PC quando o assunto são os gráficos. Por outro lado, muita gente especula que a Nintendo poderia substituir o Wii em breve, mas Satoru Iwata respondeu o seguinte quando foi questionado sobre o assunto.

São apenas quatro anos desde o seu lançamento e está vendendo sete milhões de unidades por ano na américa do norte, então não pensamos que o Wii esteja no seu limite. Tomaremos uma decisão sobre um sistema sucessor quando as desenvolvedoras não puderem oferecer surpresas no Wii.

O presidente da Nintendo disse também que embora a companhia não tenha uma quantidade determinada para as vendas do 3DS, esperam que graças a sua câmera capaz de registrar imagens em 3D estereoscópico ele consiga conquistar pessoas que não se interessaram pelo o seu antecessor e que por terem recebido propostas de diversas empresas de Hollywood, pretendem distribuir digitalmente trailers e filmes para o portátil.

Quanto a um novo console, eu até entendo as pessoas viverem reclamando dos gráficos do Wii e chiarem por ele estar repleto de jogos cuja qualidade estão abaixo da crítica, mas se considerarmos as palavras de Iwata e nos colocarmos na posição de uma empresa que no final das contas visa o lucro, concordo que não seria muito inteligente “matar” subitamente a sua galinha dos ovos de ouro. Porém, acho que uma versão repaginada do Wii com gráficos em HD e até mesmo um rede online melhor estruturada poderia ser muito bem aceita pelos consumidores, inclusive aumentando as vendas, mas um console de próxima geração, isso não acredito que farão.

[via Nintendo Everything]

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários