Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Google usa fitas para recuperar dados perdidos do Gmail

Google usa fitas para recuperar dados perdidos do Gmail

Google reduz para 0,02% o número de usuários afetados pelo bug ocorrido na madrugada de domingo para segunda. A restauração vem sendo feita através de fitas magnéticas que a empresa mantém como backup.

01/03/2011 às 17:00

O número de contas afetadas pelo bug ocorrido no Gmail na madrugada de domingo para segunda caiu de 0,08% para 0,02%.

A Google tenta se explicar, no blog oficial do serviço, mas nada de concreto foi dito. Ben Treynor, vice-presidente de engenharia e "czar" da confiabilidade dos sites, fez a pergunta retórica que todos esperavam ouvir: onde estão os backups redundantes em múltiplos servidores? Na resposta, limitou-se a dizer penas que "casos raros de erros de software podem afetar várias cópias de dados. Foi o que aconteceu aqui". Os trabalhos na restauração de contas do Gmail já contabilizam 30h.

O curioso da história é que os backups vem sendo restaurados a partir de fitas. É isso mesmo: a Google mantém fitas magnéticas como um backup (offline) à parte e segundo eles é para proteger as informações desses erros incomuns. Bonito, que ótimo que todos terão suas informações de volta, mas aí me vem uma dúvida: a nuvem não é tão segura? Acredito que esse fato serviu para expor a ferida, suscitar o debate.

A Google ainda informou que faltam 0,012% de contas afetadas para serem restauradas, e que o trabalho provavelmente termina hoje. Coitados desses programadores!

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários