Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Plano de vôo? Tem uma app pra isso™

Plano de vôo? Tem uma app pra isso™

23/02/2011 às 12:40

mzl.rdrnwzbf.480x480-75 Nem todo avião tem aquelas cabines lindas e completas dos Boeings topo de linha, principalmente nos pequenos muitos não contam com equipamentos caros cheios de displays coloridos holográficos mostrando em 3D o caminho para o destino. Nesses casos as cartas de vôo muitas vezes ainda são… cartas mesmo. Papel.

A menos que o cidadão assine serviços como o da Jeppesen, especializado em cartas de navegação, certificadas para vôo visual ou por instrumentos. Em teoria você baixaria para seu notebook, imprimiria e teria uma versão atualizada, mas dá pra melhorar?

Dá.

Depois de meses de testes de certificação a App da Jeppesen, gratuita para quem assina o serviço foi homologada pela FAA e poderá ser usada como única referência durante táxi, decolagem e pouso.

Não é a primeira App de iPad voltada para aviação, há de checklists a painéis virtuais de vôo, passando por listas de aeroportos e aplicações de meteoro-metreo- de informações sobre o tempo.

Há relatos confiáveis inclusive de que o iPad vem sendo usado muito, muito informalmente por pilotos de F18 e helicópteros no Afeganistão, a quantidade e a qualidade de dados que um tablet consegue exibir é muito maior do que um sistema militar projetado em 1983.

Dizem que os mapas em movimento são excelentes, e que comparar visualmente os alvos com imagens no iPad é muito mais seguro que confiar apenas nos dados de GPS. Por falar em GPS, um piloto comenta que um vôo de longa duração em um F18 usando o iPad é muito mais confortável. Ele não diz que é por causa do Angry Birds, mas sim por causa das ferramentas de navegação, bem mais amplas que os 200 pontos de referência a que está limitado o computador do F18.

Macfags parem de ler aqui.

Embora o iPad esteja sendo adorado pelos pilotos, ele só o é por até então ser a única opção. Hoje não é mais a melhor. Na aviação comercial tudo bem, mas na aviação de caça o espaço é um fator importante, e o iPad é grande demais.

Quem já entrou em um caça sabe que não dá exatamente pra patinar dentro dele. Um iPad ocupa mais espaço do que o recomendável. Um tablet menor, como o Galaxy Tab não só tem dimensões mais adequadas ao espaço como a proporção vertical o torna mais adequado a um bolso na perna do macacão de vôo.

Mais ainda: Um tablet com suporte a stylus é essencial, pois ao que me consta não dá para usar iPads com luvas de vôo, e esses pilotos estão violando normas de segurança ao removê-las.

A adoção do iPad deve sim ser comemorada pois acelerou uma inovação tecnológica que embora inevitável levaria muito mais tempo. A tecnologia aeronáutica é muito conservadora, não gosta de arriscar inovações exceto depois de muito, muito teste. Não acho que estejam errados, mas essa visão não deveria se estender até tecnologias auxiliares, como as cartas de vôo. Basta ter um Guia 4 Asas no porta-luvas, para qualquer eventualidade.

Fonte: Neptunus Lex

relacionados


Comentários