Meio Bit » Baú » Segurança » Esteganografia

Esteganografia

03/07/2006 às 8:08

Hoje em dia, existem muitas formas de se encriptar dados e inúmeros programas para isso. Mas, ao encriptar os dados, eles são "embaralhados", podem ficar ininteligíveis... mas ainda estão ali, à vista.

Uma das técnicas mais interessantes para se "esconder" uma informação importante ( ou, às vezes, nem tão importante assim ), é a esteganografia. A palavra tem origem no termo grego "steganós", ou "oculto". Portanto, é a escrita de forma oculta, no meio de outras coisas. O fantástico, é que essa técnica permite que uma mensagem seja "embutida" em outra, imperceptivelmente! Os nazistas já a usavam, para enviar mensagens espremidas no espaço de uma cabeça de alfinete. Imaginem algo desse tamanho, numa pintura...

Digitalmente, a coisa fica ainda mais fácil. Por exemplo: numa imagem de 24 bits de cor ( 16 milhões de cores ), se trocarmos apenas o último bit, a mudança será mínima para o olho humano. Outro uso: dizem que a Fujitsu tem uma tecnologia que coloca um número de série em cada página impressa por seus equipamentos: uma marca d'água digital. Esteganografia.

Para exemplificar, veja as imagens acima. A da esquerda, é a original. A da direita, contém uma informação secreta, que só poderá ser descoberta por quem tiver a senha e o programa apropriado. Salve a última em seu disco rígido. Observe que você deve clicar sobre essa imagem, menor e salvar a que aparecer, maior.

O programa, é fácil encontrar: no site Sourceforge há 25 deles. Eu usei o Digital Invisible Ink Toolkit. É um programa em java e, portanto, deve rodar igualmente bem em Linux, Windows, BeOS, OS/2, CP/M80...

De posse do DIIT, execute-o. Você verá quatro abas, na parte superior da janela. Selecione "Decode". Em "Pick an image to decode", coloque a imagem que você gravou agora há pouco no seu disco.

No campo "Enter the password", obviamente, você deverá digitar a senha: "meiobit", sem as aspas.

Logo depois, selecione o algorítmo "DynamicBattleSteg".

Em "Pick a message file to write to", selecione o nome do arquivo que conterá a informação extraída. Coloque, por exemplo, "segredo.jpg". Aqui você deve ter percebido que eu "escondi" uma imagem jpeg dentro de uma png. Mas poderia ser um documento pdf, um arquivo doc, ou qualquer outra coisa.

Agora, clique em "Go" e me diga o que estava escondido sob a face sorridente de Mr. Gates.

Referências: Mídia Independente, UFRGS, Projeto Tatu.

relacionados


Comentários