Meio Bit » Arquivos » Games » Codemasters quer se distanciar do CoD

Codemasters quer se distanciar do CoD

Para dirtor do jogo Bodycount, copiar o estilo dos grandes medalões não funciona.

14/02/2011 às 17:12

dori_bod_14.02.11

Chamar a atenção dos jogadores ao criar uma nova propriedade intelectual cujo gênero é o de jogos de tiro em primeira pessoa não uma tarefa das mais simples. Embora o mercado esteja abarrotado deles, poucas são as diferenças entre os concorrentes e este talvez seja o estilo de jogo onde as produtoras mais copiam umas as outras. Basta lembrar da época onde eram lançados inúmeros games ambientados na Segunda Guerra Mundial ou ver quantas guerra ao terror já participamos nesta geração para perceber isso.

Confesso que não estava dando muita bola para o Bodycount, mas bastou o diretor Andy Wilson explicar quais são os maiores problemas do gênero atualmente para que eu passasse a respeitar o título que será lançado pela Codemasters.

Acho que a coisa mais importante no gênero dos FPSs hoje é tentar se distanciar dos exemplo extremamente bem sucedidos, como o Call of Duty ou o Battlefield. Vimos exemplos recentes onde não funcionou muito bem apenas tentar copiar algo e melhorá-lo. Sério, se trata da diversificação e tentar encontrar algo que não tenha sido feito anteriormente ou algo que não tenha sido feito muito bem. Nós sempre dizemos: faça algo relativamente pequeno e lindo.”

Eles conseguirão criar transformar o Bodycount em tão diferente do CoD? Teremos que esperar para saber, mas ao ver tantos jogadores reclamarem da falta de inovação na indústria, não há como não concordar com o Sr. Wilson, que parece ter uma visão mais parecida com a dos jogadores e torço para que eles obtenham êxito, tanto em relação a trazer ideias diferentes em um bom jogo, quanto em obter boas vendas, porque no final, se ambas as coisas acontecerem, quem sai ganhando somos nós.

[via VG247]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários