Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Você conhece o Daguerreótipo?

Você conhece o Daguerreótipo?

07/02/2011 às 15:58

Hoje falarei um pouco de história, tentarei descrever o daguerreótipo. Que nome, não? Mas tentarei explicar o processo o melhor possível . O assunto já foi tratado duas vezes pelo Gilson Lorenti, porém abordando de outra forma, vale a pena conferir: A câmera mais cara do mundo e Manifesto contra a elitização da fotografia.
Imagem produzida pelo processo criado pelo francês Louis-Jacques-Mandé Daguerre (daí o nominho) em 1839.

Louis-Jacques-Mandé Daguerre

O daguerreótipo funcionava da seguinte maneira: uma placa de prata era sensibilizada com vapor de iodo. Depois da formação do iodeto, a placa era exposta a luz por meio de uma câmara escura, por cerca de 25 a 30 minutos. O contato com a luz transformava os cristais de iodeto de prata em prata metálica, que formavam uma imagem oculta, imagem esta seria revelada com o uso do vapor de mercúrio.
Após o processo era feita a fixação da imagem na placa através da utilização do hipossulfito de sódio. O hipossulfito solubilizava toda a quantidade não reagida de iodeto e depois disto a lamina era lavada e a imagem captada estava fixa na mesma, sob a forma de uma liga brilhante.
O resultado era em positivo e em baixo relevo, e possuia grande quantidade de detalhes. No entanto, a placa deveria ser protegida com um cristal e ser fechada hermeticamente, ou seja totalmente vedado – sem contato com o ar – para evitar a perda da imagem, pois a superfície era muito delicada.

Daguerreótipo

Não era possível ter cópias ou mesmo ampliar as imagens produzidas, sem contar que o processo utilizava de vapor de mercúrio que é extremamente tóxico. o daguerreótipo foi muito expandido em todo o mundo, inclusive no Brasil Imperial, mas por causa de sua difícil manipulação estava destinado a desaparecer. É isso aí pessoal, apenas um pouco de cultura, história e curiosidade. Até o próximo e uma ótima semana a todos!

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários