Meio Bit » Baú » Indústria » Apple rejeita app do Sony Reader. Kindle é o próximo?

Apple rejeita app do Sony Reader. Kindle é o próximo?

Apple rejeita aplicativo do Sony Reader alegando não permitir mais compras "in-app" fora da App Store. Mas, se essa é a justificativa, como fica os demais apps, especialmente o do Kindle?

01/02/2011 às 9:50

Sony Reader? Só no Android mesmo...

Sony Reader? Só no Android mesmo...

A App Store, da Apple, é um modelo a ser seguido. Loja de aplicativos pioneira e, até o momento, a mais bem sucedida dentre todas, atrai milhões de compradores de iDevices porque... Por que mesmo? Ah sim, é a única opção — descontando o jailbreaking. Mas independente dessa "exclusividade" forçada, fato é que, se não fosse boa, não teria tanta gente lá, comprando e baixando aplicativos e jogos.

Apesar de todo o sucesso, vira e mexe a Apple se vê envolvida em polêmicas, em boa parte graças às suas políticas obscuras e incongruentes no processo de aprovação de aplicativos na App Store. A última envolve o Sony Reader, aplicativo da gigante japonesa para a leitura de ebooks da Reader Store.

O aplicativo foi rejeitado porque, segundo o The New York Times, a Apple não aceita mais os que tenham a venda de conteúdo "in-app" independente dela mesma. Pior: sequer o consumo de conteúdo adquirido fora da App Store é permitido. Assim, a única saída da Sony é oferecer a compra de livros, via seu aplicativo para iPhone, usando o sistema de in-app purchase da Apple. Nessa, a empresa de Jobs abocanharia 30% do valor das negociações.

O mais estranho é que o comportamento descrito como inaceitável pela Apple pode ser visto em diversos aplicativos aprovados no passado, com especial destaque para o do Kindle, da Amazon. Amazon que, inteligentemente, investiu pesado não só no seu ereader, mas num ecossistema completo e integrado de leitura dos ebooks que vende. Assim, quem tem um Kindle (dispositivo), iPhone, Android, iPad e PC, pode comprar e ler ebooks da Amazon a partir de qualquer um desses, inclusive alternando entre todos durante a leitura, sem perder sequer a página em que se está.

Como ficará o Kindle para iPhone/iPad? Como ficarão outros aplicativos que usam sistemas semelhantes? É uma grande incógnita, uma ferida exposta do quão controlável um sistema totalmente fechado como a App Store pode ser. Para o bem ou para o mal.

Leia mais sobre: , , , , , .

relacionados


Comentários