Meio Bit » Baú » Games » Os problemas ao lançar jogos do PS1 pela PSN

Os problemas ao lançar jogos do PS1 pela PSN

01/02/2011 às 10:02

dori_ps1_31.01.11

Existe uma parte da PS Store que julgo ser uma das melhores sacadas da Sony para esta geração, a venda digital de jogos do primeiro Playstation. Ter a possibilidade de rejogar ou conhecer antigos títulos do console que fizeram muito sucesso sem ter que pagar várias dezenas de dólares é algo incrível, além de ser algo que ajuda a manter a memória dos games. No entanto, os lançamentos por lá não costumam ser muito frequentes, mas para tentar explicar o motivo disso ocorrer, o blog oficial do Playstation publicou um excelente artigo.

Existem dois grandes obstáculos entre submeter um jogo para a emulação e sermos capazes de publicá-los: Não termos a liberação legal ou ele não passar no Controle de Qualidade (QA).

Primeiro, sobre a parte legal, alguns games possuem produtos de marca (como as roupas de um personagem) que não estão mais sob a licença dos proprietários da marca. Da mesma forma, alguns jogos possuem personagens emprestados de outras séries e as editoras não possuem mais direitos para usá-los ou músicas que foram licenciadas para um jogo e que novamente, as licenças expiraram.

O outro problema é falhar no QA devido a graves bugs, e quando digo bugs, estou falando de baratas gigantes. Vi diversos relatórios de QA do PSOne com alguns erros estranhos e maravilhosos - tela de menu com textos de cabeça para baixo, explosões que matavam o personagem aleatoriamente logo após assistirmos a cut scene, jogos cuja velocidade caia conforme fôssemos jogando ou músicas que pareciam estar vindo do fundo de um poço… A lista continua.

Toda essa explicação foi dada por Ross McGrath, membro do time responsável pela PS Store e considero ótimo quando detalhes dos bastidores são revelados, ainda mais num caso como este, quando muitos dos jogos que gostaríamos de comprar na loja virtual da Sony ainda não deram as caras. Xenogears e Vagrant Story, estou falando de vocês.

[via VG247]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários