Meio Bit » Baú » Mobile » Idéia idiota do dia–mantenha-se longe. PS: Não da loira

Idéia idiota do dia–mantenha-se longe. PS: Não da loira

31/01/2011 às 12:20

iphoneopener-8 Como sempre digo nas reuniões do Alto Círculo Illuminati secreto da loja maçônica que frequento com meus amigos sionistas da mídia, detesto teorias conspiratórias, mas algumas idéias são tão idiotas que fica até difícil seguir o ditado “nunca atribua à malícia o que pode ser explicado pela estupidez”.

Um bom exemplo foi aquele celular xing-ling disfarçado de maço de cigarros. Não que celulares por si só não sejam atraentes, mas o potencial de roubabilidade de cigarros é bem maior. Dado o preço a consciência (que no fundo é apenas o medo de ser apanhado, já dizia o Xerife Buck) de quem rouba nem dói tanto.

Acho até que cheguei a sugerir um pendrive em formato de isqueiro, já que o objetivo é ser subtraído de seus dados o mais rápido possível.

Bem, não fui atendido mas mesmo assim meu pedido foi superado. As cavalgaduras do Beaheadcase.com criaram uma capa de iPhone capaz de transformar seu celular no objeto mais desaparecível inventado pelo homem: Um abridor de garrafas.

Você sabe, aquela peça de metal que custa uns R$0,05, é tão rasteira que nem é mais dada como brinde mas que por algum motivo nunca compramos mais de um e ficamos procurando a festa toda quem pegou o MALDITO abridor.

Imagine: Churrascão, cheio de gente, no canto um vegan chato resmungando (eu já vi isso, foi lindo) e a cerveja rolando solta. Você (não eu!) tirando onda com seu iPhone com a capa abridora de garrafas. Alguém te chama, outra pessoa passa perto, você entrega o aparelho. “fica abrindo aqui pra mim”.

Em seguida alguém chega com umas garrafas de Original direto da padaria, pergunta “cadê o abridor?” A pessoa joga. “tá aqui!”. Na mesa, começam “que maneiro, iPhone e abridor”. Logo seu celular está rodando de mão em mão, as pessoas estão fuçando suas Apps, mexendo nos contatos, achando e repassando as fotos de sua namorada pelada.

Isso, claro, na melhor das hipóteses. Na pior alguém vai achar engraçadinho, abrir a bolsa da patroa e derrubar seu celular lá dentro.

iphoneopener

Eu disse pior? Não, pode piorar mais ainda.

É fato que celular e bebida não combinam, e nem é por causa das ligações em avançado estado etílico e dos SMSs com mensagens tipo “uyedbhadhb dafohdafhodfj zjhvcjhhcv cachorra!”. Celulares costumam ser frescos com umidade, daí os avisos nas sessões de Twilight para que os aparelhos sejam desligados, tirados do bolso da calça e guardados na mochila.

Já vi mais de um celular sucumbir diante de uma mesa molhada. Os com fundo chato são ótimos pra por capilaridade sugarem a água pra dentro. Já vi casos extremos, como a horrível e premeditada morte de meu Sony Clié N760C, assassinado quando uma criatura sem coração derrubou um chopp inteiro nele. Mais tarde ela ficou com a medida do Bomfim (tanto faz, não me valeu mesmo) e o Neruda, mas me pagou um PDA novo.

Photo jan 31, 12 08 02 PM A idéia de deixar um celular em cima de uma mesa, cheia de gente mamada no Suquinho de Satã em volta tentando abrir garrafas já é apavorante pra mim, imagine pro iPhone.

Ah sim, a capa ainda vem com um software (que você pode baixar de graça na AppStore, anyway) para contar quantas garrafas você abriu, tocar sons de garrafas abrindo, exibir imagens quando a capa é usada e outras inutilidades. Não, nem pense em nada complexo, o software detecta movimento e ruído pra deduzir que a garrafa foi aberta.

Como? É, eu sei, até as coisas que crescem no meu umbigo se preocupam com o microfone do iPhone próximo ao aerosol de cerveja formado quando a tampa da garrafa é aberta.

E quanto você morre nessa brincadeira?

Vejamos:

US$19,99 pela capa abridora de garrafas

R$10,00 pelo chip GSM novo

R$3000,00 pelo iPhone novo, sem desconto pois você mal começou o período de fidelização, fora as 18 prestações do seu iPhone 4 roubado/extraviado/afogado.

Fonte: Gizmag

relacionados


Comentários