Meio Bit » Baú » Software » App do Dia: Bookman

App do Dia: Bookman

19/01/2011 às 5:35

IMG_0412

Como todo sujeito muito ambicioso tenho vários projetos frustrados, mas nem a Conquista Global ou o Protocolo LV tiveram resultado tão decepcionante quanto o Projeto Scanner.

Como leitor voraz e eterno otimista, queria ter meus livros e gibis em forma eletrônica. Comprei scanner de mesa, software de OCR e descobri que escanear um livro leva uma eternidade, sai com centenas de erros de reconhecimento e no final das contas é uma droga ler na tela do computador, além de nada portátil.

Com meu primeiro notebook a esperança renasceu, apenas para morrer de novo. A altura da tela era pequena demais, notebooks eram pesados demais e ler girando o bicho é uma idéia que assim como o comunismo e o kama sutra só funciona na teoria. O Netbook foi a última tentativa. Talvez a tela de 11 polegadas fosse suficiente, e o peso seria aceitável.

Não era. Os anos passavam e não surgia nenhuma alternativa. Tablets estavam fora de questão, custavam uma fortuna e continuavam trambolhos. Eu estava quase desistindo, quando o futuro chegou.

O iPad tinha o formato, dimensões e funcionalidades ideais para o consumo de ebooks e gibis. Claro, não tinha a autonomia ou definição de um Kindle, mas além da tela ser maior, no tamanho certo para gibis e livros, era colorido, recurso que pode ser opcional para otakus mas não para gente que não dorme com travesseiros de japinhas.

IMG_0414 Existem muitos programas bons para quadrinhos no iPad. Depois de muita pesquisa optei pelo Bookman, e nem por ser gratuito. Na verdade ele vai além dos quadrinhos, lendo ebooks, PDFs e vários outros formatos, mas meu foco era .CBR e .CBZ, os formatos informais de quadrinhos na web. Só a idéia de não ter que carregar meus 5Kg de Sandmen da Conrad por aí me deixa muito feliz.

Principais recursos:

  • Reorientação automática do layout para retrato ou paisagem;
  • Miniaturas para avanço ou retrocesso de páginas;
  • Integração com Google, Twitter, Dropbox e outros sites;
  • Múltiplas estantes, não precisa deixar longas séries juntas;
  • Servidor FTP para envio de arquivos direto para ele, sem iTunes;
  • Transferência via iTunes para envio de arquivos direto pra ele, sem FTP;
  • Gerenciador de bookmarks avançado, com direito a folders;
  • Zoom inteligente, duplo-toque na região amplia com foco nela;
  • Zonas de toque configuráveis;

Veja como é elegante no layout horizontal a seleção por miniaturas:

IMG_0415

A tela de detalhamento de um arquivo: É possível definir configurações individuais de visualização. Não lembro de nenhum outro programa que faça isso.

IMG_0416

O Bookman está disponível, digrátis na App Store. Há uma versão para iPhone mas ler gibi no iPhone já é forçar a amizade.

E antes que alguém pergunte, o gibi da 1a imagem é The Boys, do brilhante sociopata Garth Ennis. Para saber mais recomendo este artigo no blog do meu baiano favorito.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários