Meio Bit » Baú » Mobile » Presidiários usam mouses para carregar celulares

Presidiários usam mouses para carregar celulares

18/01/2011 às 9:15

Hamster-phone-charger

Nós temos mania de achar que algumas coisas erradas só acontecem no Brasil, mas sendo justo a bagunça pode ser generalizada. No mundo inteiro prisões são queijos suíços, principalmente no quesito telefone celular. Com a miniaturização a situação só piorou para as prisões, embora tenha tornado a vida mais confortável para as esposas dos detentos. pelo menos até um deles pedir um iPad.

As “otoridades” costumam se apegar ao fato de que o carregador é mais difícil de transportar e esconder (é, lá mesmo onde você pensou) do que o aparelho, mas os presos estão ficando mais espertos. Em uma cadeia de West Lothian, que parece ficar na Terra Média mas na verdade é Inglaterra, os guardas descobriram um novo esquema:

Vários mouses sumiam das salas de aula, onde os presos recebiam cursos de matemática, inglês e outras matérias. O mistério foi resolvido quando os cabos apareceram em algumas celas, ligados aos Playstations dos condenados. (Playstation of the Damned, daria um bom filme). Eles estavam usando o cabo para carregar os celulares.

Os cabos foram confiscados, agora os presos não podem mais sair das aulas sem os mouses estarem presentes e contados, mas as autoridades não podem fazer muito mais que isso. A prisão de Addiewell é famosa por dar acesso a videogames, ar-condicionado, TV de plasma, celas-suítes com chuveiro e mordomias como concierge na tela, o presidiário escolhe seu almoço pelo controle remoto.

É. Prisão com suíte, Playstation, refeição a la carte, TV de tela plana na parede e celular. Melhor do que muitos tivemos na adolescência, pois além disso tudo não tem os pais enchendo o saco batendo na porta mandando sair do quarto.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários