Meio Bit » Baú » Games » Os maiores mundos dos games

Os maiores mundos dos games

13/01/2011 às 10:15

Eu sou um declarado fã dos jogos de mundo aberto, gosto que adquiri depois de jogar o Grand Theft Auto III e que me deixou perplexo ao perceber que eu poderia ir para (quase) qualquer lugar na hora que quisesse, ao contrário da maioria dos games que nos obrigam a seguir por fases, ou melhor dizendo, corredores estreitos. Talvez por isso eu tenha gostado tanto do infográfico que está aí em baixo (clique nele para ampliar) publicado pelo site TravelInsurance onde são listados os 19 maiores mundos já criados para os games.

Confesso que algumas informações me deixaram bastante surpreso, como saber que o The Elder Scroll II: Daggerfall, jogo lançado lá em 1996 é o maior mundo já criado para um jogo eletrônico, com uma área superior a 100 mil km², duas vezes maior que a do The Lords of the Ring Online e muito, mas muito mais extensa do que aquela que encontramos no mais recente The Elder Scroll IV: Oblivion, que ficou apenas na 16ª posição.

Também fiquei surpreso ao descobrir que o Burnout Paradise possui mais espaço que o MMO Star Wars Galaxies, que o Operation Flashpoint: Dragon Rising ostenta o título de maior FPS já criado, que a cidade de Metropolis do Superman Returns tinha o mesmo tamanho do mapa do primeiro World of Warcraft e que o jogo de corrida FUEL é tão grande quanto o estado de Connecticut, o que mostra que em certos casos as produtoras deveriam se preocupar mais em criar bons jogos do que investir tempo modelando mapas cada vez maiores.

Mas me diga sua opinião, você também acha que mundos virtuais imensos podem ajudar a aumentar a imersão nos games, ou essa tentativa de nos fazer acreditar que estamos num lugar real ainda não foi bem executada?

[via GamingBolt]

relacionados


Comentários