Meio Bit » Baú » Software » De como eliminei o Bug do Século (para mim)

De como eliminei o Bug do Século (para mim)

03/01/2011 às 15:00

trazobaygonagoranowja

O Mac é tão perfeito que até os bugs refletem essa perfeição. São perfeitamente impossíveis de remover.

Durante ANOS percebi que no Mail do Mac alguns emails chegavam a mim (e eram enviados) com o nome da venerável e edificante Bia Granja. A princípio achei que fosse alguma ingresia nas configurações, mudar o nome do remetente é básico. Não era isso.

As configurações estavam OK. A conta foi apagada e recriada mais de uma vez, mas eu continuava a receber e enviar emails como Bia Granja. Não era um grande problema pois quem recebia não via essa mudança, ela só acontecia no MEU computador.

Depois de muito tempo tive uma Revelação: Fui olhar na minha lista de contatos, e por algum motivo absolutamente obscuro, indecifrável e inefável na ficha da Bia Granja o campo de email ao invés do dela, estava o meu.

Qual era o bug afinal? Bem, não era exatamente um bug, eu só estava segurando errado, por assim dizer. Quando o Mail abre uma mensagem ele verifica se o endereço existe na Lista de Contatos do computador. SE o endereço não existe, ele utiliza o conteúdo do campo FROM do email para exibir o nome do remetente.

SE o email existe, ele ignora o FROM e busca o nome da lista de contatos.

Meu email existe na minha lista de contatos, mas está na letra C, o da Granja está na B. Um SELECT nome,email from contatos where email = ´xxxx´ ORDER BY nome TOP 1 retornará sempre o nome dela.

O erro foi do Mac assumir que endereços de email seriam tratados como entidades únicas e meu por adicionar errado o email da moça. Emails podem não ser únicos, apesar do bom-senso dizer que devem. É que nem CPF. Todo novato quando vai criar um banco tem a brilhante idéia de usar CPF como identificador. Aí um Mestre é obrigado a explicar que mulheres podem compartilhar o CPF dos maridos, o que destrói as ilusões de mundo perfeito do pobre analista júnior.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários