Meio Bit » Arquivos » Indústria » Kindle desbanca Harry Potter na Amazon

Kindle desbanca Harry Potter na Amazon

Nesse Natal, Kindle superou Harry Potter como o produto mais vendido da história da Amazon.

27/12/2010 às 16:01

Kindle: campeão de vendas!

Kindle: campeão de vendas!

O buzz em torno dos vindouros iPad 2 e tablets com Android 3.0 "Honeycomb" são tantos que tem-se a sensação de que o momentum dos ereaders passou. Ledo engano. Há pouco a Amazon liberou um comunicado sobre as vendas no Natal desse ano. O destaque? O Kindle passou Harry Potter e as Relíquias da Morte e tornou-se o produto mais vendido da história da loja virtual.

Como de praxe, a Amazon não revela números precisos, o que dificulta análises mais profundas e comparações com os concorrentes (e não concorrentes, como o próprio iPad). O Bloomberg estima que, em 2010, foram 8 milhões de Kindle vendidos, 60% acima das previsões dos analistas e mais de 5 milhões de unidades a mais do que o que foi vendido em 2009 (2,4 milhões).

Jeff Bezos, CEO da Amaxon, explicou os motivos de tamanho sucesso:

"Estamos percebendo que muitas das pessoas que estão comprando Kindles também têm tablets de LCD. Os consumidores dizem que usam seus tablets convencionais para jogos, filmes e navegação Web, e seus Kindles para sessões de leitura. Eles dizem preferir o Kindle par ler porque é mais leve, elimina a ansiedade relacionada à bateria com a sua que dura até um mês e tem a avançada tecnologia de tela de eink Pearl, que reduz o cansaço visual, não interfere nos padrões de sono na cama e funciona ao ar livre, sob a luz solar, uma consideração importante especialmente para leitura durante as férias. O preço do Kindle, de US$ 139, também é um fator-chave — é baixo o bastante para fazer com que as pessoas não tenham que escolher."

A Amazon bateu outros recordes. No dia 29 de novembro, data em que a loja mais vendeu nesse ano, foram comercializados 13,7 milhões de itens, o que dá uma média de 158 por segundo.

O Kindle dominou o Top 3 de produtos eletrônicos, sendo a versão Wi-Fi-only a mais vendida, seguida da 3G. Em terceiro lugar, o iPod touch de 8 GB.

A popularização do Kindle pode ganhar impulso em breve. Não é de hoje que rumores sobre um novo corte no preço do modelo básico, que o levaria para US$ 99, circulam por aí. A ficar de olho.

Fonte: TechCrunch.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários