Meio Bit » Baú » Games » Propaganda nos jogos não é tão rentável

Propaganda nos jogos não é tão rentável

Para executivo da EA, vale mais a pena trabalhar com micro transações do que vender espaços publicitários dentro dos jogos.

24/12/2010 às 8:27

dori_prop_22.12.10

Se há alguns meses o anúncio dentro dos jogos parecia ser a maneira ideal das produtoras conseguirem um dinheiro a mais no fechamento das contas, hoje a tendência é que elas lucrem muito mais através das micro transações, pelo menos na visão da Electronic Arts. A revelação foi feito por Ben Cousins, gerente geral da divisão de jogos gratuitos da empresa, que além de citar o sucesso alcançado pela Zynga nessa prática, disse:

Nós não estamos lucrando muito com as propagandas. O negócio de publicidade nos jogos não cresceu tanto quanto as pessoas esperavam.”

O executivo afirmou ainda que o Battlefield Heroes serviu como uma ótima experiência para eles entenderem o mercado e como o jogo utiliza ambos o métodos de arrecadação, “um deles [as micro transações] decolou muito rápido, enquanto o outro [as propagandas in-game] praticamente não saiu do lugar,” porém, ele não acredita que isso signifique o fim da exibição de propagandas dentro dos jogos e deu sua opinião sobre o que pode ser feito para melhorar este quadro.

Fizemos um acordo com a Dr Peppr para o Battlefield Heroes, onde se você comprasse uma garrafa e usasse o código encontrado nela, ganhava um a roupa exclusiva. Esse tipo de integração irá funcionar, eu acho, mas não estou convencido de que continuaremos tendo outdoors nos jogos e coisas desse tipo. Talvez esses dias tenham acabado.

[via Edge]

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários