Meio Bit » Arquivos » Fotografia » Indústria prevê cartões de memória com taxa de 500MB/s

Indústria prevê cartões de memória com taxa de 500MB/s

30/11/2010 às 18:45

Se você está ligado no mundo digital sabe que os cartões de memória passam por um momento de incrível evolução. Vídeos em alta definição e câmeras que conseguem fazer várias fotos por segundo em RAW exigem mídias de armazenamento mais rápidas e com maiores capacidades física. Prevendo que essas mídias não estão acompanhando o desenvolvimento atual dos hardwares, três indústrias de peso se juntaram para tentar mudar o padrão das coisas.

Sony, Nikon e Sandisk se uniram para construir um novo sistema de armazenamento mudando totalmente as configurações dos atuais cartões compact flash. As três fabricantes bateram na porta da CompactFlash Association ® (CFA), associação de padronização que dita as normas desse tipo de cartão, com a proposta de mudar a interface de transferência desses cartões para a PCI Express, em vez da atual interface PATA. Para se ter uma idéia dos efeitos dessa mudança, basta dizer que a velocidade de transferência de dados vai saltar para 500 MB por segundo, em vez dos atuais 167MB por segundo. E não é só isso. A capacidade de armazenamento pode ultrapassar os 2 TB de espaço físico.

Pode parecer um absurdo pensar em algo assim, mas o futuro já bateu em nossa porta. A maioria das câmeras fotográficas mais avançadas já está filmando em Full HD. Esses arquivos se mostram gigantescos e somente os melhores cartões de memória possuem a velocidade mínima para a gravação desses vídeos. Não sabemos ainda se o novo formato vai ser aprovado ou não e nem qual o tempo de desenvolvimento do projeto. Mas, já sabemos que somente as câmeras do futuro vão trabalhar com a nova tecnologia, sendo que as atuais câmeras vão continuar a ser compatíveis apenas com o padrão atual.

Será que estarei vivo até lá?

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários