Meio Bit » Baú » Games » Exclusividade do GTAIII custou pouco à Sony

Exclusividade do GTAIII custou pouco à Sony

ex-executivo da empresa revela detalhes do negócio e diz que foi muito barato.

26/11/2010 às 8:23

dori_gta_25.11.10

Não há como justificar o sucesso de um videogame apenas por um ou dois jogos, mas é inegável a importância que o Grand Theft Auto III teve para o domínio do Playstation 2 na geração passada. Considerado um dos mais revolucionários jogos dos últimos dez anos, o game foi por muito tempo exclusivo da plataforma da Sony, o que o ajudou a assumir a liderança e transformar o aparelho em sinônimo de videogame para muita gente.

É natural imaginarmos que esses contratos de exclusividades sejam fechados com executivos apontando armas uns para os outros em porões sujos ou com as fabricantes vendendo suas almas para que um título tão promissor apareça, mesmo que apenas por um tempo, somente em seus consoles, mas ao sabermos dos detalhes revelados por David Reeves, ex-presidente da divisão europeia da Sony, sobre a negociação do GTAIII, que por sinal aconteceu em uma mesa de hotel com o papo regado a cervejas, vemos que eles tiveram muita sorte.

A última reunião que tivemos no dia foi com Kelly Summer [ex-chefe da Take-Two]. Pegamos um jogo chamado State of Emergency, que eu acho que não apareceria no Xbox, de qualquer maneira. Então disse, ‘o que mais você tem aí?’ E ele respondeu, ‘Bem, temos esse Grand Theft Auto… Acho que podemos negociá-io.’ Nosso pessoal técnico disse que o GTA III não era ruim, que era inovador, mas não um monstro. Eu tinha ouvido que era bom, então disse ‘OK.’

E sabe o que é ainda mais impressionante? O executivo não revelou os valores, mas pôde garantir que a “aquisição” foi “extraordinariamente barata.” Já a Microsoft não pode dizer o mesmo sobre os conteúdos adicionais do Grand Theft Auto IV, não é mesmo?

[via VG247]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários