Meio Bit » Baú » Fotografia » 10 dicas para cuidar bem de seu cartão de memória

10 dicas para cuidar bem de seu cartão de memória

26/11/2010 às 0:42

Cartão de memória é um assunto espinhoso. Poucas pessoas sabem escolher e poucos conhecem todas as suas particularidades. A maioria pensa que são todos iguais e que só precisa colocar dentro da câmera e pronto, é só sair e fazer suas fotos. Porém, existe uma série de pequenos cuidados que podem levar o seu cartão a ter uma vida útil mais longa e não deixar você na mão quando você mais precisa. Mas, temos que dar um crédito aos fabricantes. Faz muito tempo que não ouço história de cartão de memória que deu pau, ou que foi impossível recuperar uma imagem, mas todo cuidado é pouco. Por isso que se torna interessante o texto de Jeff Cable que foi publicado no Photography Blog. O fotógrafo, que é patrocinado pela Lexar Media, descreveu 10 dicas para você cuidar bem de seu cartão de memória. Aqui vão elas com comentários de minha parte.

01 – Formate o cartão na câmera – essa eu já conhecia e sempre passei para meus alunos. É muito melhor formatar o cartão na câmera do que pelo computador. Isso facilita o alinhamento do cartão com a câmera.

02 – Preste atenção na quantidade de fotos que cabem em seu cartão - Pode parecer uma dica boba, mas imagens podem ser corrompidas quando você tenta fotografar com um cartão de memória cheio. Isso se torna mais importante quando estamos usando cartões de baixa capacidade em uma câmera de grande resolução.

03 – Use softwares de Recuperação – se formatar um cartão acidentalmente ou apagar uma imagem, a possibilidade de recuperação do trabalho perdido é muito grande. Após a formatação do cartão, retire ele da câmera e use um software de recuperação de imagens. Claro que o Jeff Cable indica o software da Lexar, o Lexar Image Rescue, mas existem outras opções para isso.

04 – Organize seus cartões – no caso de fotógrafos profissionais que se utilizam de vários cartões de memória em um trabalho, o ideal é que se tenha um sistema para diferenciar os cartões cheios dos vazios. Isso vai de encontro ao indicado no ítem 02, para não correr o risco de danificar alguma imagem.

05 – Utilize um leitor de cartão – boa idéia essa que só recentemente comecei a aceitar. Sempre achava mais prático ligar a câmera ao computador, mas quando comprei um leitor de cartão a minha vida mudou. É mais prático e mais rápido. Sem falar que você não gasta bateria da câmera para transferir as fotos e se a bateria acaba no meio da transferência existe o perigo de corromper os arquivos. Só lembrando que leitores xing-ling possuem uma baixa taxa de transferência.

06 – Não apague fotos na câmera – prefira cartões de alta capacidade e deixe para apagar fotos no computador. Isso economiza tempo durante a sessão fotográfica.

07 – Não retire o cartão da câmera muito cedo – é importante não tirar o cartão da câmera enquanto a luz vermelha de leitura estiver acesa. Espere todos os processos de gravação e leitura estarem terminados.

08 – Não entre em pânico - se o seu cartão de memória se molhar, não entre em desespero. As memórias flash são de estado sólido e sem partes móveis. Certifique-se que a memória está bem seca antes de colocar em qualquer aparelho eletrônico (eu já joguei roupa na máquina de lavar com pendrive e cartão de memória no bolso e ambos estão funcionando muito bem).

09 – Backup primeiro – se as fotos são importantes para você, ou um trabalho profissional, certifique-se de apagar as imagens do cartão apenas depois de fazer múltiplos backups. Seguro morreu de velho. Já disse algumas vezes por aqui que tenho verdadeira neurose com esse tema.

10 – Marque seus cartões – tenham sempre seu nome e telefone marcados em seus cartões. Isso facilita a devolução em caso de perda (acho que esse conselho não vai ser muito útil no Brasil).

Para finalizar, e se você quer mais dicas sobre como cuidar de seus cartões, é só ver o vídeo protagonizado por Jeff Cable.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários