Meio Bit » Baú » Internet » ♫ Se Eu Quiser Falar Com Deus…♫

♫ Se Eu Quiser Falar Com Deus…♫

25/11/2010 às 12:59

A imagem acima é exatamente o quê você está imaginando: Um anjo falando ao celular. Não, não é mais uma daquelas imagens satíricas que lotam a Internet, como o Raptor Jesus, é a sério.

A estátua tem um metro e 25cm, foi esculpida por um artista chamado Tony Mooy e não é "arte moderna" no mau sentido, ou uma daquelas tentativas rasteiras de criar polêmica gratuita, como aquele imbecil que colocou um crucifixo dentro de um vidro de urina, batizou de "piss christ" e disse que era arte. PIOR, esse lixo ganhou prêmios.

Quem encomendou a obra foi a Catedral de São João, em Den Bosch, Países Baixos, que topou o celular mas não aceitou a sugestão do artista, de colocar motores a jato no lugar das asas*. Acho justo.

O telefone do anjo só tem um botão, o artista explica o motivo: "O anjo só tem que se comunicar com Deus". OK, mas no fundo eu acho que é um iPhone.

Alguns chatos vão se ofender, achando que isso é banalizar a iconografia da Igreja Católica, mas as obras de arte são um retrato de sua época. Em pinturas da Renascença anjos aparecem tocando Vielles, um antepassado do violino que definitivamente não existia nos tempos bíblicos. As armaduras e espadas dos arcanjos guerreiros são todas medievais. Não é anacronismo, é liberdade artística.

Atualizar a iconografia sem mexer no núcleo da teologia é algo que a Igreja Católica faz muito bem, assim como abraçar a tecnologia. Enquanto alguns pastores histéricos hipócritas gritam que o Facebook é coisa do demônio, o Papa tem um perfil lá, um site dedicado para mídias sociais, um canal no YouTube, uma App de Iphone e ainda clama que os padres criem blogs, para atrair novos fiéis. Padres blogueiros? Bem, know-how de celibato eles já tem!

Pelo visto online todo santo ajuda, ainda mais que a Internet tem até santo padroeiro, Santo isidoro de Sevilha, um enciclopedista do Século VII. (se bem que o trabalho dele foi todo copiado de terceiros. OK, deveria ser o santo padroeiro dos kibes). Diante desse quadro faz sentindo que a iconografia retrate a tecnologia da época de sua criação. Não importa que seja uma tecnologia efêmera. Todas são, ninguém mais anda por aí brandindo espadas e andando de carruagens. Faz sentido usar metáforas que a população entenda, e um celular é uma excelente metáfora para comunicação. De resto, faz tanto sentido para Deus usar um celular quanto usar uma Arca da Aliança. Para quê uma criatura omnisciente precisaria de um comunicador? Ou uma nave estelar?

* Antes que algum mané venha corrigindo: EU SEI que na fonte citam "Mooy wanted other angels with wings instead of jet engines", mas use a bundinha: Anjos TÊM asas, a menos que seja uma igreja muito particular dificilmente os anjos dela são patrocinados pela Rolls Royce ou Pratt & Whitney. Foi vacilo do tradutor do Google.

Fonte: Cellular News

relacionados


Comentários