Meio Bit » Baú » Miscelâneas » Linux inchado demais para computador de US$100. Versão Windows CE a caminho

Linux inchado demais para computador de US$100. Versão Windows CE a caminho

05/04/2006 às 5:58

Em entrevista ao site News.com Nicholas Negroponte, do Media Lab do MIT, que encabeça o projeto do computador de cem dólares, a ser distribuído para crianças em países carentes como Sudão, Somália e Brasil afirmou que o Linux engordou demais.

As pessoas não estão pensando em sistemas pequenos, rápidos e enxutos. São como um sujeito muito gordo que usa a maior parte da energia para mover a gordura de um lado para outro. E Linux não é exceção. Linux engordou também.

O objetivo do projeto "Um Computador Por Criança" é distribuir entre 5 e 10 milhões de computadores no primeiro trimestre de 2007. A máquina terá um processador de 500MHz da AMD, 128MB de memória RAM e 512MB de memória flash, no lugar de um HD. Com capacidade de rede wireless e boa vida de bateria, pretende ser um diferencial no ensino de crianças carentes.

A idéia original da manivela para recarregar a bateria foi descartada, Negroponte diz que talvez usem um pedal.

As críticas da Microsoft têm sido bem pesadas, com Bill Gates repetindo que crianças aprenderão melhor com computadores mais poderosos e telas melhores. Negroponte rebate as críticas com uma afirmação surpreendente:

Não tem a ver com um computador mais fraco. É sobre um computador enxuto, simples, rápido. Não só isso, a Microsoft está envolvida no esforço. Também falamos com eles (Microsoft) constantemente. Vamos enviar para eles placas-mãe para desenvolvimento, Eles Vão fazer uma versão do Windows CE (com suporte ao hardware) Então -- boas - Para quê me criticar em público?

O Linux desde que se tornou funcional no Desktop se tornou um bloatware. Hoje nenhuma instalação útil vem em menos de 2 CDs (download pós-instalação não vale). Na configuração dada, 512 disco 128 RAM 500MHz CPU, dificilmente um KDE da vida vai se dignar a rodar.

A corrida está lançada. Com a meta de 100 milhões de laptops de US$100 ao ano de Negroponte, se a Microsoft cobrar US$10 por licença, significa US$ 1.000.000.000,00 ao ano pro bolso do Bill. Mesmo US$5,00 já é algo que vale a pena, por um sistema estável e enxuto como o Windows Mobile / CE é.

Será que o Linux vai correr atrás ou Redmond vai morder mais essa?

PS: Sim, a imagem de abertura é inspirada no ícone usado no Slashdot, mas é danado de apropriado.

relacionados


Comentários