Meio Bit » Baú » Games » Custo de desenvolvimento poderia unir Sony e Microsoft

Custo de desenvolvimento poderia unir Sony e Microsoft

Para ex-chefão da Sony, desenvolver um console é muito caro e isso poderá fazer com que a empresa lance um videogame em parceria com a Microsoft.

18/11/2010 às 19:16

fanboy Muitas pessoas que viveram a época em que Sega e Nintendo brigavam pela liderança da indústria e que discutiam por causa de um dos seus consoles devem ser lembrar de quando a criadora do Sonic desistiu do mercado de hardware e passou a lançar seus jogos para os aparelhos de outras empresas, incluindo os da principal rival. Porém, vários desses jogadores, que deveriam ter aprendido que ser um fanboy não é saudável, continuam adotando a filosofia de que o “meu é melhor do que o seu” e preferem apostar que a história não irá se repetir, que talvez um dia eles tenham que passar para o outro lado da batalha e de acordo com David Reeves, ex-presidente da Sony Computer Entertainment e atual COO da Capcom, o custo de desenvolvimento dos videogames poderá unir, as hoje rivais, Sony e Microsoft.

Quando você está do lado de uma fabricante percebe o quanto é caro desenvolver uma plataforma. Seja o PS3, o Xbox 360 ou o Wii, eles custam milhões - talvez não bilhões, mas certamente milhões. Eventualmente pode se tornar tão caro criar um console que a Microsoft e Sony dirão, ‘Tudo bem, vamos nos unir.’ Diria que isso irá acontecer entre 10 ou 15 anos. É o tempo que acho que demorará a acontecer. Não acho que acontecerá no próximo ciclo de consoles, mas provavelmente no seguinte a ele, quando talvez teremos uma plataforma-agnóstica.

Mas podem ser empresas diferentes, claro. Talvez o Google se junte a eles, ouso dizer, Microsoft, Google ou qualquer outra companhia.”

Mesmo não duvidando de que isso possa mesmo um dia acontecer, acho a previsão apocalíptica demais e um tanto vaga, mas como veio de um sujeito que trabalhou na Sony por 15 anos, acho que a opinião deva ser respeitada. Se essa fusão realmente acontecer, poderíamos ver o surgimento de um superconsole, mas a falta de concorrência nunca deve ser considerada um bom negócio. Contudo, que seria muito divertido ver os caixistas e os sonystas tendo que vestir o uniforme do “inimigo”, isso seria.

[via CVG]

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários