Meio Bit » Baú » Internet » Análise do Qwiki: Nova experiência no consumo da informação

Análise do Qwiki: Nova experiência no consumo da informação

Análise detalhada sobre o QWiki, uma nova experiência no consumo da informaçãow

11/11/2010 às 8:38

Já falamos sobre o Qwiki em outro artigo, num post introdutório. Resolvi fazer uma análise mais profunda, após o surgimento da versão alpha do produto, a qual tive acesso.

Baseado no mesmo conceito de filmes como WALL•E, o Qwiki surge para explicar assuntos diversos da humanidade de forma sonora e interativa, disponível apenas em inglês no momento, mas acredito que com o tempo a plataforma tende a abranger novos idiomas, inclusive o português.

Um dos fundadores já tem experiência com a área de buscadores: trabalhou no Google e, em 2007, juntou-se com alguns colegas e fundou o Cuil, serviço que decepcionou e, pouco depois, decretou oficialmente o seu fim.

Os planos futuros da empresa parece que já definem como eles planejam ganhar dinheiro: Qwiki Local, que permite a exibição de informações de empreendimentos da região, Qwiki Real State, para imóveis (venda, compra, aluguel) e Qwiki Restaurants, provavelmente para a exibição de pratos principais e a avaliação do usuário em sistemas como o Yelp. Mas, deixa eu parar de enrolar e mostrar o sistema.

Eu gravei um pequeno vídeo (de três minutos) contendo alguns Qwiki que eu pesquisei. Pena que ele tenha encontrando Restart mas, não tenha exibido nada (existe algo para exibir?).

http://www.youtube.com/watch#!v=3P2YwhXKI0k

O que falta?

Para o Qwiki funcionar, precisamos do nome (exato ou parcial) do que queremos pesquisar. É como a Wikipédia, mas a sua busca parece ser igual ao do Cuil: não exibe um termo relevante. Pesquisando no Google sobre: "o maior avião do mundo", o primeiro resultado é a Wikipédia e pesquisando nela, com o mesmo termo, o primeiro resultado é o Airbus A380. Se tentarmos pesquisar sobre "the biggest airplane in the world" no Qwiki, ele simplesmente não vai exibir, já que não consegue pesquisar dentro dos próprios Qwiki. (Nota: O maior avião do mundo comercial é o Airbus A380. O maior avião do mundo é o Antonos An-225.)

Falta também um local para sugerir pesquisas, para escolha da voz, tradução (pelo menos do texto) para outros idiomas e um sistema mais detalhado (eu sei que Jamie Cullum é músico mas, poderia mostrar os prêmios que ele obteve ou a Discografia completa). É uma nova experiência no consumo da informação: feita apenas para saber um resumo do resumo sobre determinada obra.

E como a Fabiane Lima falou: ela não gostou pois não tem muita informação sobre Bruce Springsteen. Mas, como é um projeto alpha, existe um campo para "feedback", onde é possível sugerir que o Qwiki pesquisado tenha mais informações. Além disso, algumas entradas, como São Paulo, "travaram" quando eu tentei pesquisar (está no vídeo). E por último, a voz da "mulher" não consegue falar inglês direito. E se enrola no nome do próprio Bruce Springsteen, além de outras frases, nada que o tempo e uma voz humana não consiga consertar.

Aplicações Interessantes

Só eu imaginei um futuro no ensino de idiomas? Utilizar o Qwiki para ensinar sobre qualquer termo em inglês será extremamente fácil e olhe que a voz lê de forma quase-perfeita o inglês e até algumas palavras de outros idiomas. Também é útil para pessoas que não conseguem enxergar direito (apesar de que, é preciso escrever para que possa procurar. Será que eles planejam implantar reconhecimento de voz também?). E como foi mostrado no primeiro artigo sobre Qwiki, eles planejam lançar um aplicativo para iPhone, ou seja, isso sim será bem interessante.

Veredicto Final

A plataforma ainda está em fase bem inicial. O Qwiki é um sistema interessante e acredito que, diferentemente do Cuil, consiga obter um bom sucesso em seu meio, que é uma enciclopédia interativa, virtual e gratuita. Só ainda acho que o sistema de busca seja horrível e que precisa de um forte investimento, se não... #cuilfeelings

Mais informações do Qwiki no Baixatudo.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários